Correio de Carajás

Vereadora quer Guarda Municipal permanentemente em escolas

Vereadora pede que Guarda Municipal mantenha efetivo permanente nas escolas /Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Após as ações que aconteceram em escolas do País, com destaque para o ataque que matou alunos e servidores de uma escola em Susano, no interior de São Paulo, a segurança nas escolas passou a ser uma das preocupações dos órgãos públicos. Esta semana, a vereadora Joelma Leite (PSD), de Parauapebas, apresentou indicação ao Poder Executivo, pedindo que a Guarda Municipal mantenha presença permanente nas escolas do município.

Parauapebas teve uma tentativa de ataque, que foi impedida pela ação rápida da Guarda Municipal, que conseguiu identificar e apreender três adolescentes que planejavam atacar o anexo da Escola Dorathy Stang, no Bairro Cidade Jardim. A proposição foi apresentada na sessão da Câmara Municipal da última terça-feira (26). Atualmente, a guarda tem um efetivo que atua nas escolas, mas de forma escalada.

A vereadora, no entanto, pede que a corporação mantenha de forma fixa guarnições nas escolas durante os horários de aula.  “O combate à violência nas escolas deve ser eficiente não só para a garantia da integridade física da comunidade escolar, mas também como forma de garantir o sucesso no processo de ensino e aprendizagem, evitando que os propósitos e objetivos da educação sejam afetados”, justifica a vereadora.

Leia mais:

Ela sugere que sejam incluídas no cronograma de ações da Guarda Comunitária Escolar (GCE), que é o efetivo destinado às ações nas escolas, palestras de conscientização voltadas para a preservação do ambiente e do patrimônio público, a serem destinadas para pais e alunos.

“Além de contribuir para o sucesso do programa de reformas de unidades escolares do município, essas palestras fortalecerão os sentimentos de identidade e cidadania, visto que serão destinadas a conscientizar pais e alunos sobre a importância da manutenção de um ambiente conservado e preservado para o benefício de todos”, destaca Joelma.

A vereadora observa que a GCE já tem desempenhado um excelente trabalho com a realização de rondas periódicas e palestras socioeducativas e ressaltou que seria importante intensificar esse trabalho. Caso o efetivo seja insuficiente para atender à demanda, ela sugere que seja estudada uma forma de patrulhamento frequente, principalmente nas escolas mais vulneráveis a ações inconvenientes.

Em recente entrevista ao Portal Correio, o comandante da Guarda Municipal de Parauapebas, Antônio Ednaldo Mendonça, disse que a corporação não tem efetivo para atender de forma simultânea todas as escolas, mas que é feito um trabalho escalonado, para atender todas as unidades de ensino.

Ele também tranquilizou os pais, dizendo que os órgãos de segurança estão trocando informações, para se antecipar a possíveis tentativas de ataques nas escolas do município. (Tina Santos)

Comentários

Mais

Presidente faz discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas

Presidente faz discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas

O presidente Jair Bolsonaro faz, hoje (21), o discurso de abertura da sessão de debates da 76ª Assembleia Geral das…
Ministro diz que efeitos adversos não podem interromper vacinação

Ministro diz que efeitos adversos não podem interromper vacinação

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta segunda-feira (20) que a existência de eventos adversos não é motivo para…
Governo propõe PL que limita remoção de conteúdos em redes sociais

Governo propõe PL que limita remoção de conteúdos em redes sociais

O governo federal enviou ao Congresso um Projeto de Lei (PL) que limita a remoção de conteúdos em redes sociais…
Publicado decreto que aumenta IOF para custear Auxílio Brasil

Publicado decreto que aumenta IOF para custear Auxílio Brasil

O Diário Oficial da União (DOU) publicou hoje (17) um decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro com as novas alíquotas do Imposto sobre Operações…
Ministro aponta erros de estados e diz que limitou vacinação de adolescentes por cautela

Ministro aponta erros de estados e diz que limitou vacinação de adolescentes por cautela

O ministro Marcelo Queiroga disse nesta quinta-feira (16) que a decisão de restringir a vacinação de adolescentes apenas aos grupos prioritários (deficiência…
Ministério estuda aproveitar créditos de cursos profissionalizantes

Ministério estuda aproveitar créditos de cursos profissionalizantes

O Ministério da Educação estuda permitir que estudantes formados em cursos técnico-profissionalizantes aproveitem os créditos acadêmicos caso decidam continuar os…