Correio de Carajás

Tucumã: Operação “O Azar Certo” prende estelionatários

Dinheiro e material usado no jogo de azar foram apreendidos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Civil do Pará deflagrou na cidade de Tucumã, no sudeste do Estado, a Operação “O Azar Certo” no intuito de combater o crime de estelionato e a exploração de Jogos de azar no município. Na operação, foram aprendidos dinheiro e material usado na prática criminosa e presas duas pessoas acusadas de estelionato e praticar jogos de azar.

A operação foi coordenada pela Delegacia de Tucumã, tendo à frente o delegado Rafhael Machado, com o apoio do escrivão Douglas Gonçalves e investigadores Alberto e Vasconcelos. De acordo com a polícia, após denúncias de que o estabelecimento denominado Tucumã da Sorte realizava sorteios fraudulentos causando prejuízos a todos os participantes, a equipe da Delegacia de Tucumã iniciou as Investigações e na noite do ontem, segunda-feira, 1º, prendeu Antonio Igor Dias Gaspar e Alberto de Oliveira Sampaio no momento em que fraudavam o sorteio.

Os acusados de explorar jogos de azar e cometer estelionato em Tucumã

Ainda segundo a polícia, a empresa Tucumã da Sorte vendia em média três mil cartelas de bingo por sorteio, que era realizado quinzenalmente. O bingo pagava cinco prêmios. Os quatro primeiros eram pagos de forma legal e o valor girava em torno de R$ 1.000,00.

Leia mais:

Já o último prêmio era pago de maneira fraudulenta a um ganhador fictício e girava em torno de R$ 9.000,00 a R$ 15.000,00. De acordo com a polícia, a empresa Tucumã da Sorte controlava os números sorteados de modo que o prêmio nunca seria pago a nenhum dos jogadores, pois ao final quem ficava com o prêmio principal era a própria empresa que contratava “laranjas” para receberem.

Os acusados foram conduzidos até a Delegacia de Polícia onde foram autuados em flagrante pelo crime de Estelionato e pela Contravenção Penal de Exploração de Jogos de Azar. Ninguém conseguiu contato com a defesa dos acusados para falar sobre as prisões. (Tina Santos – com informações da Polícia Civil)

Comentários

Mais

Mulher de 27 anos morre na BR-230

Mulher de 27 anos morre na BR-230

Entre os corpos que passaram pelo Instituto Médico Legal (IML) no final de semana está Jessica Moreira Padilha, de 27…
Assaltante é preso com arma e tornozeleira eletrônica

Assaltante é preso com arma e tornozeleira eletrônica

O homem que foi preso no final de semana em Marabá, portando uma pistola .380 Taurus, com 15 munições intactas,…
Quase 260 toneladas de manganês são apreendidas em Marabá

Quase 260 toneladas de manganês são apreendidas em Marabá

Ao menos 259 toneladas de minério do tipo manganês transportadas de forma ilegal foram apreendidos em Marabá, no sudeste do Pará.…
Caseiro é preso por porte ilegal de arma

Caseiro é preso por porte ilegal de arma

Francisco Borges Pereira, que trabalhava como caseiro de um sítio na Vila Lajeado 1, zona rural de Marabá, foi preso…
Mulher é autuada com mais de 50 gramas de maconha no Alto Bonito

Mulher é autuada com mais de 50 gramas de maconha no Alto Bonito

Carregando mais de 50 gramas de maconha na bolsa, Rayris Souza Ramos saiu correndo ao avistar a guarnição da Guarda…
Comeu manga, invadiu empresa para usar o banheiro e acabou na delegacia

Comeu manga, invadiu empresa para usar o banheiro e acabou na delegacia

Paulo Sérgio Silva, de 20 anos, foi levado para a 20ª Delegacia de Polícia Civil de Parauapebas após ser flagrado…