Correio de Carajás

Triagem para mutirão de castração gratuita ocorre neste final de semana

Foto: Portal Correio
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Neste domingo (7), no Bairro São Félix, a Associação Protetora de Animais “Focinhos Carentes”, de Marabá, realiza triagem para avaliação de quadro clínico de animais – com testes rápidos de leishmaniose para cães – que poderão ser inseridos na agenda do 1º Mutirão de Castração de Cães e Gatos, a ser realizado no final deste mês. Os cães diagnosticados pelo teste não poderão passar pela cirurgia.

Segundo o veterinário Odilon José Claudino Soares, que participa da ação, serão triados 250 animais com a expectativa de que ao final aproximadamente 200 passem para a fase de castração, que será desenvolvida durante dois dias.  Deyse Araújo, uma das coordenadoras da associação protetora de animais, explica que cães e gatos, machos e fêmeas, a partir dos cinco meses de idade serão castrados gratuitamente mediante apresentação de documento de identificação, comprovante de residência e de benefício do Bolsa Família ou de cadastro em outros programas sociais do governo. 

“As vagas são abertas para 150 cães e 100 gatos. Estamos dando preferência para as fêmeas, mas também tem machos que serão castrados”. O cadastramento será feito nesta sexta-feira (5) por agentes de saúde dos centros de saúde Amadeu Vivacqua e Parteira Maria Bico Doce. O mutirão de procedimentos cirúrgicos – em decorrência do Programa Saúde Animal – será realizado nos dias 27 e 28 deste mês.

Leia mais:

“Este programa é para atender pessoas de baixa renda e não têm acesso ao veterinário com condições de fazer a castração e como a superpopulação de cães e gatos é muito grande, problema de saúde pública, na nossa região, muitos animais errantes soltos, em conjunto decidimos fazer essa ação e começar por São Félix”, diz Deyse.

O objetivo do programa é diminuir a superpopulação e o abandono de animais na cidade de Marabá através do processo de castração gratuito. Após este mutirão, acrescenta Deyse, serão agendadas mais datas em outros bairros da cidade. “Queremos conseguir fazer o maior número de castração para que diminua o índice de abandono e de animais com leishmaniose também”.

O veterinário Odilon José destaca a preocupação com a saúde pública. “Os animais de estimação podem ser reservatórios de várias doenças, que acometem tanto os animais como também as pessoas. A gente prevenindo a proliferação deles também estamos tratando a saúde pública. Em contrapartida estaremos prevenindo também maus tratos porque quando se tem uma ninhada, muitas vezes, quem tem esses animais muitas vezes nem tem como se manter”.

A triagem de avaliação dos animais, no domingo, dia 7, ocorre no Ginásio da Estação Conhecimento de Marabá. Estando aptos para o procedimento, nos dias 27 e 28 a castração será realizada no Centro de Saúde “Parteira Bico Doce”.

O mutirão é desenvolvido em parceira com a ONG “Veterinários da Amazônia”, composta por profissionais e estudantes voluntários, um projeto de Controle Populacional e Bem-Estar de Animais para a Saúde Pública. Além disso, atua também uma equipe do Centro de Controle de Zoonoses de Marabá. (Luciana Marschall – com informações de Karine Sued)

Comentários

Mais

Isolados, moradores de São Domingos reclamam de pontes da zona rural

Isolados, moradores de São Domingos reclamam de pontes da zona rural

Moradores da zona rural de São Domingos do Araguaia, cidade localizada a 55 Km de Marabá, entraram em contato com…
Banco do Brasil faz mutirão de renegociação de dívidas

Banco do Brasil faz mutirão de renegociação de dívidas

O Banco do Brasil (BB) começa nesta segunda-feira (6) um mutirão de negociação de dívidas que vai até o dia…
Brasil recebe mais 1,5 milhão de doses da vacina da Pfizer

Brasil recebe mais 1,5 milhão de doses da vacina da Pfizer

O país recebeu mais 1,5 milhão de doses do imunizante da Pfizer, que chegaram nesta segunda (6) no Aeroporto Internacional…
Papa diz que jovens estão nas redes sociais, mas são pouco sociáveis

Papa diz que jovens estão nas redes sociais, mas são pouco sociáveis

O papa Francisco alertou hoje (6) que muitos jovens “estão nas redes sociais, mas não são muito sociáveis”, vivendo “prisioneiros…
Comissão aprova vaga em escola para filho de vítima de violência

Comissão aprova vaga em escola para filho de vítima de violência

A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados aprovou nesta segunda-feira (6) projeto de lei que…
Brasil supera marca de 90% da população-alvo vacinada com a 1ª dose

Brasil supera marca de 90% da população-alvo vacinada com a 1ª dose

A Campanha de Vacinação contra a covid-19 do Brasil ultrapassou a marca de 90% da população-alvo com a primeira dose…