Correio de Carajás

Três assaltantes mortos pela polícia

Três homens morreram em troca de tiros com policiais de Marabá, Goiás e Tocantins, nesta manhã, na zona rural de São João do Araguaia. A ação ainda faz parte das diligências em busca do bando que assaltou uma agência do Banco do Brasil na cidade de Gurupi, no Tocantins, no último dia 11. Os mortos são os irmãos Mário Vieira Coutinho Filho e Marconde Barbosa Coutinho, conhecido como “Remelexo”, além de Carlos Adriano Souza Costa.

Os três integram a mesma quadrilha de Waldir Fabriciano, o “Tarzan”, que morrem também em confronto com policiais em Parauapebas, no último dia (25), quando Iscarlet Lagares de Farias e Evaldo da Conceição Cavalcante foram presos. No dia 26, em Araguaína, no Tocantins, foram presos Mayllon Pereira dos Santos, o “Gaúcho”, Michel Andrade de Castro, em diligências do mesmo caso.

Os irmãos que morreram na manhã de hoje possuem diversos mandados de prisão preventiva expedidos em vários estados do país. Tarzan também era mentor de diversos assaltos à bancos em várias regiões brasileiras e considerado o sexto bandido mais perigoso deste tipo de crime no Brasil.

Leia mais:

Os policiais civis e militares continuam na região do Assentamento 1º de Março realizando buscas e ao longo do dia mais informações serão divulgadas. Os corpos serão removidos para o Instituto Médico Legal (IML) de Marabá. (Luciana Marschall)

Três homens morreram em troca de tiros com policiais de Marabá, Goiás e Tocantins, nesta manhã, na zona rural de São João do Araguaia. A ação ainda faz parte das diligências em busca do bando que assaltou uma agência do Banco do Brasil na cidade de Gurupi, no Tocantins, no último dia 11. Os mortos são os irmãos Mário Vieira Coutinho Filho e Marconde Barbosa Coutinho, conhecido como “Remelexo”, além de Carlos Adriano Souza Costa.

Os três integram a mesma quadrilha de Waldir Fabriciano, o “Tarzan”, que morrem também em confronto com policiais em Parauapebas, no último dia (25), quando Iscarlet Lagares de Farias e Evaldo da Conceição Cavalcante foram presos. No dia 26, em Araguaína, no Tocantins, foram presos Mayllon Pereira dos Santos, o “Gaúcho”, Michel Andrade de Castro, em diligências do mesmo caso.

Os irmãos que morreram na manhã de hoje possuem diversos mandados de prisão preventiva expedidos em vários estados do país. Tarzan também era mentor de diversos assaltos à bancos em várias regiões brasileiras e considerado o sexto bandido mais perigoso deste tipo de crime no Brasil.

Os policiais civis e militares continuam na região do Assentamento 1º de Março realizando buscas e ao longo do dia mais informações serão divulgadas. Os corpos serão removidos para o Instituto Médico Legal (IML) de Marabá. (Luciana Marschall)

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.