Correio de Carajás

Terra Parakanã: PF encontra 3 corpos que podem ser dos caçadores sumidos

Foto: Reprodução

A Superintendência da Polícia Federal no Pará confirmou que as equipes de busca formadas por forças federais encontraram na manhã deste sábado (30/4), três corpos dentro da reserva indígena de Parakanã. Ainda segundo as autoridades não é possível confirmar se os corpos são de Cosmo Ribeiro de Sousa, José Luís da Silva Teixeira e Willian Santos Câmara, moradores de Novo Repartimento, desaparecidos desde 25 de abril, enquanto caçavam naquelas terras.

“Exames periciais estão sendo realizados, no local, por peritos criminais federais do Pará e de Brasília, sendo que a necropsia e identificação dos corpos serão realizadas por médicos legistas da Polícia Científica do Pará (em Marabá) e peritos criminais da Polícia Federal, para onde os corpos serão levados”, diz o informe da Superintendência do Pará.

A investigação da PF contou com o apoio da Força Nacional de Segurança, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, e Polícia Rodoviária Federal, num esforço que envolve 150 homens.

Leia mais:
Foto: Reprodução

ENTENDA

O juiz federal Heitor Moura Gomes, da Subseção Judiciária de Tucuruí, havia assinado ordem de busca e apreensão na área da Reserva Indígena Parakanã, em Novo Repartimento, para encontrar os três caçadores que estão desaparecidos dentro da área desde o domingo (25). A ordem judicial também determina a desobstrução do trecho interditado da BR-230 (Transamazônica), que foi ocupada um dia depois do desaparecimento. As buscas serão feitas pela Polícia Federal e Força Nacional.

A decisão judicial foi divulgada na noite desta quinta-feira (28), quatro dias depois do desaparecimento de Cosmo Ribeiro de Sousa, José Luís da Silva Teixeira e Willian Santos Câmara. Agora, os familiares e amigos dos rapazes, assim como moradores da área, que estavam ocupando a pista, liberaram o tráfego dos veículos, mas mantém acampamento nas imediações da Ponte do Peixe Frito, aguardando o resultado das buscas.

Segundo a decisão, as buscas se faziam necessárias porque existe o perigo iminente de conflito entre moradores da região e indígenas, que são acusados de estarem mantendo os caçadores em cárcere privado ou mesmo terem tirado a vida deles. Os indígenas negam a acusação, mas enquanto o caso não for desvendado o clima permanece instável entre as duas partes.

A ordem de busca e apreensão se estendia a toda a área de 325 mil ha da Reserva Parakanã, composta pelas aldeias Paranatinga, O’Ayga, Paranowaona, Itaoenawa, Itaygara, Paranoawe, Paranoita, Paranoa, Maroxewara, Inaxyganga, Itapeyga, Paranoema, Itaygo’a, Inatarona, Xaraira, Xataopawa, Parano’ona e Arawayaga. (Da Redação)

Comentários
Suspeito de tráfico puxa arma contra a PM e morre

Suspeito de tráfico puxa arma contra a PM e morre

Gustavo Santos Barros, o Guga, morreu na manhã desta sexta-feira (1º) durante intervenção policial registrada em Parauapebas. Conforme informações registradas…
Escola de Parauapebas é denunciada por maus-tratos

Escola de Parauapebas é denunciada por maus-tratos

A Escola Educar, localizada no Bairro Cidade Jardim, está sendo alvo de denúncias por maus-tratos. De acordo com responsáveis, várias…
“Índio” vai preso após tocar o terror na Vila Pau Seco

“Índio” vai preso após tocar o terror na Vila Pau Seco

Na tarde de quinta-feira, 30, uma guarnição de Polícia Militar lotada no bairro Morada Nova, prendeu Ademar Andrade Gomes, conhecido…
Adutora rompe e moradores do Cidade Nova ficam sem água da Cosanpa

Adutora rompe e moradores do Cidade Nova ficam sem água da Cosanpa

Na manhã desta sexta-feira, 1º de julho, técnicos da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) realizam reparo na tubulação localizada…
Motorista de aplicativo é executado após receber áudio

Motorista de aplicativo é executado após receber áudio

O motorista de aplicativo Kenede Anderson da Silva Campos foi executado a tiros na noite desta quinta-feira (30), em Parauapebas,…
Picape que atropelou Wandalla Keline já está em posse da polícia

Picape que atropelou Wandalla Keline já está em posse da polícia

O carro que atropelou Wandalla Keline Carvalho de Matos foi entregue para a Polícia Civil de Marabá na tarde de…