Parauapebas, Marabá e Altamira/ Foto: Susipe
Ads

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe) realizou ontem, quarta-feira, 7, revistas em três unidades prisionais do interior do Estado. Foram feitas revistas nas casas penais de Parauapebas, Marabá e Altamira.

Ads

Na Carceragem de Parauapebas (CP), a ação contou com o apoio de policiais militares do Grupamento Tático Operacional (GTO) e de agentes prisionais da unidade. Durante a ação, que durou três horas, foram encontrados apenas três estoques, que são armas artesanais.

Segundo a Susipe, todas as celas da carceragem foram revistadas. De acordo com a direção da unidade, há mais de seis meses nenhum celular entrou na casa penal.

Em Marabá, a revista feita na Central de Triagem Masculina (CTMM) e contou com o apoio dos agentes prisionais da unidade e com policiais militares do GTO. Durante a ação foram apreendidos seis celulares e dezessete estoques.

De acordo com a direção da unidade, a revista foi feita em período diferente do habitual. Os presos estavam no banho de sol e alguns tentaram despachar quatro celulares jogando os aparelhos por cima do muro, mas os agentes conseguiram apreender os objetos.

Já em Altamira, a ação foi no Centro de Recuperação Regional (CRRALT). A revista foi realizada no bloco A da unidade e contou com o apoio de policiais militares do Grupamento Tático Operacional. Foram encontrados quatro celulares, nove chips, oito carregadores, sete estoques, três cartões de memória e um pen drive.

A Susipe informa que as revistas ocorreram dentro da normalidade e sem alterações. Os internos custodiados nas celas onde os materiais ilícitos foram encontrados e os internos de Marabá que foram vistos tentando jogar fora quatro celulares responderão a um Procedimento Disciplinar Penitenciário (PDP). (Tina Santos – com informações da Susipe)

Ads