Correio de Carajás

Sevop constrói rampa na casa de deficiente visual e emociona a família

A rampa e calçada construídas na casa da jovem com deficiência visual: “foi uma surpresa muito grande”, diz ela/ Foto: Ana Mangas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Após a reportagem realizada pelo CORREIO DE CARAJÁS, mostrando as dificuldades que a universitária Ângela Maria, 19 anos, que é deficiente visual, enfrentava para sair de sua residência – uma tábua ficava encostada na porta para que a família pudesse “fugir” da lama – nossa equipe (sensibilizada) procurou o secretário municipal de Viação e Obras Públicas (Sevop), Fábio Moreira, que enviou uma equipe técnica ao local para realizar uma avaliação da situação.

A jovem precisava da ajuda da mãe para poder chegar e sair de casa e corria risco de cair/ Foto: Ulisses Pompeu

Também impactado com o desconforto de Ângela e a situação de vulnerabilidade da família, Fábio determinou a construção de calçada e rampa em frente à casa da jovem.

“Quando eles chegaram aqui para medir o local e verificar a quantidade de material que seria utilizado eu fiquei nervosa. Eu estava no meu quarto e minha mãe foi me avisar”, relembra a estudante.

Leia mais:
A construção foi realizada por homens da SEVOP por determinação do secretário de Obras/ Foto: Divulgação

Com a facilidade da rampa para a locomoção, Ângela não sente mais medo de cair e agora consegue sair e entrar com tranquilidade em casa. “A frente da minha casa está uma maravilha, melhorou muito. Agora não tenho mais medo de sofrer um acidente”, comemora.

Muito emocionada, ela finaliza dizendo que foi um presente. “Eu agradeço muito, primeiramente a Deus por ter nos concedido uma oportunidade tão maravilhosa. Depois agradeço a vocês que vieram aqui, e também à Prefeitura. Foi uma surpresa muito grande. Um presente para todos nós”.

Ângela reside com a mãe e dois irmãos autistas em uma casa modesta na Rua Antônio Tomás, Bairro Independência. A via fica longe do asfalto e Ângela tinha dificuldade de sair da residência para ir à igreja ou realizar outra tarefa.

(Ana Mangas)

Comentários

Mais

Três municípios fecham praias do Rio Araguaia, no sul do Pará

Três municípios fecham praias do Rio Araguaia, no sul do Pará

A chegada do veraneio tende a propiciar maior circulação de pessoas nas cidades da região sul do Estado, acarretando aglomerações,…
Uepa abre inscrições para novo processo seletivo

Uepa abre inscrições para novo processo seletivo

AUniversidade do Estado do Pará (Uepa) inicia nesta quarta-feira (16) as inscrições ao novo Processo Seletivo 2021 (Prosel 2021-2), para…
IBGE atualiza limites de municípios no mapa da Amazônia Legal

IBGE atualiza limites de municípios no mapa da Amazônia Legal

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou hoje (16) o novo mapa da Amazônia Legal para 2020, com base…
Por que o dólar caiu, mas a gasolina e o diesel continuam subindo?

Por que o dólar caiu, mas a gasolina e o diesel continuam subindo?

O dólar vem se desvalorizando em relação ao real e acumula perdas de 3,74% em 2021 (de 4 de janeiro…
SAMU faz cerca de 700 atendimentos por mês em Marabá

SAMU faz cerca de 700 atendimentos por mês em Marabá

É difícil imaginar um acidente de trânsito com vítima e não lembrar de chamar o Serviço de Atendimento Móvel de…
Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar auxílio emergencial

Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar auxílio emergencial

A partir desta quarta-feira (16), os trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos…