Correio de Carajás

Sesi fortalece ensino semipresencial do EJA na pandemia

Diretora do Sesi explica campanha de matrículas para EJA Ensino Médio e Profissionalizante semipresencial/ Fotos: Evangelista Rocha e Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

As matrículas para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) nos ensinos médio e técnico estão abertas no Sesi Marabá. A instituição oferece o serviço há anos, mas em virtude da pandemia precisou reformulá-lo a fim de atender ao público com idade igual ou superior a 18 anos sem comprometer a saúde dos envolvidos. Agora, além de gratuito, o ensino é semipresencial, o que garante ao aluno acesso aos conteúdos de casa por meio de celular ou computador. Ao todo, 120 vagas são ofertadas.

Duramente criticado por educadores e especialistas em educação, o ensino remoto se tornou a única saída de escolas e cursos particulares para driblar a quarentena. No Sesi, como é semipresencial, o aluno deve comparecer à unidade duas vezes na semana para receber orientações do professor, visto que os jovens e adultos necessitam de acompanhamento contínuo.

Conforme Floripes do Amaral Silva, diretora do Sesi, a instituição está com ampla campanha para o preenchimento das 60 vagas de ensino médio e 60 do profissionalizante. Após o início das aulas remotas, os matriculados terão acesso a uma plataforma que abarca todo o conteúdo a ser trabalhado no decorrer do curso. Docentes de todas as áreas do conhecimento ministrarão o conteúdo regularmente.

Leia mais:

Quanto à forma de avaliação dos jovens e adultos na modalidade remota, Floripes adianta que os professores a farão de duas formas. Serão dois testes de conhecimento distintos, sendo um remoto e outro presencial. O primeiro será aplicado na plataforma digital do Sesi, enquanto para o outro o aluno deve comparecer à sala de aula.

Os pesos das avaliações também serão diferentes, como forma de conter possíveis trapaças dos discentes na prova on-line, onde é possível encontrar respostas para as mais variadas questões propostas em livros e sites da internet. Assim, 60% do valor será destinado para a avaliação presencial e 40% para a remota. A medida foi adotada com o propósito de garantir qualidade ao ensino de jovens e adultos do Sesi.

Cabe ressaltar que o edital de matrículas é voltado para pessoas de baixa renda. O EJA Ensino Médio conta com carga horária de 1.200 horas/aula, enquanto o Profissionalizante é mais extenso: 1.440 horas/aula. Nesta modalidade, por sinal, o educando sai com uma nova profissão. Assistente de controle de qualidade; eletricista de automóveis; eletricista instalador residencial; instalador e reparador de rede de computadores; e montador e reparador de microcomputadores são as ocupações estendidas ao público.

Ficou interessado? Basta comparecer com original e cópia de RG, CPF, comprovante de residência e histórico escolar à unidade do Sesi Marabá, situada na Avenida Tocantins, s/n, Bairro Novo Horizonte. O telefone (94) 3324-5741 e o e-mail [email protected] também estão disponíveis aos interessados. Além disso, é possível conferir esta e outras oportunidades no site sesipa.org.br. “Tudo 100% gratuito”, sintetiza Floripes. (Da Redação)

Mais

Helder inaugura, entrega cheques e assina ordens de serviço em Marabá

Helder inaugura, entrega cheques e assina ordens de serviço em Marabá

Em visita a Marabá nesta quarta-feira (12) o governador Helder Barbalho rodou a cidade fazendo inaugurações, assinando ordens de serviço,…
Cruzamento na VS-10 causa graves acidentes de trânsito

Cruzamento na VS-10 causa graves acidentes de trânsito

Um cruzamento entre a Avenida VS-10 e a Rua Florita, na altura do Bairro Morada Nova, em Parauapebas, tem causado…
Sete em cada dez empreendedores fizeram vendas online na pandemia

Sete em cada dez empreendedores fizeram vendas online na pandemia

Sete em cada dez micro, pequenas ou médias empresas (73,4%) do país estão fazendo vendas online durante a pandemia do novo coronavírus.…
Brasil inaugura primeira antena rural para a internet 5G

Brasil inaugura primeira antena rural para a internet 5G

O Brasil já tem instalada a sua primeira antena rural destinada à quinta geração de internet (5G). A tecnologia funcionará,…
Defensoria recomenda vacina a pessoas presas de grupos prioritários

Defensoria recomenda vacina a pessoas presas de grupos prioritários

A Defensoria Pública do Pará (DPE) emitiu uma recomendação ao Governo do Estado para que as pessoas privadas de liberdade…
Comissão da OMS faz recomendações para evitar próxima pandemia

Comissão da OMS faz recomendações para evitar próxima pandemia

Um novo sistema global transparente deveria ser criado para apurar surtos de doenças, habilitando a Organização Mundial da Saúde (OMS)…