Correio de Carajás

Semsa encerra campanha Outubro Rosa e lança Novembro Azul

Semsa encerra Outubro Rosa e lança Novembro Azul/ Fotos: Ascom Semsa
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Em solenidade na manhã desta quarta-feira, 31, na praça central do Bairro Palmares Sul, a Secretaria Municipal de Saúde de Parauapebas (Semsa), por meio da Rede de Atenção à Pessoa com Doença Crônica (DCNT), fez o encerramento da Campanha Outubro Rosa e lançou a Campanha Novembro Azul.

Durante a programação, que começou às 7 horas, aconteceram palestras sobre a Campanha Outubro Rosa e também Novembro Azul. Ainda teve caminhada, aula de zumba, apresentação da banda da Guarda Municipal, capoterapia, grupo de fantoches e bate-papo.

A Campanha Outubro Rosa alerta sobre a importância da prevenção do câncer de mama nas mulheres e também nos homens, já que a doença também acomete o sexo masculino, ainda que em menor grau. Nesse período, que segue durante todo o mês de outubro, são realizadas palestras sobre prevenção e tratamento da doença, assim como realizados exames preventivos, como a mamografia.

Leia mais:

Novembro Azul

A Campanha Novembro Azul é voltada ao sexo masculino, alertando para a importância de realizar exames preventivos do câncer de próstata.  Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de próstata é o segundo que mais atinge homens no Brasil, atrás apenas do melanoma, com estimativa de 68.220 novos casos no País em 2018.

Por conta disso, a Campanha Novembro Azul é uma das formas de tentar estimular os homens a fazerem o exame preventivo, já que muitos ainda relutam em fazer o exame, muitas vezes por preconceito e machismo, devido o exame mais eficiente para detectar a doença ainda ser o de toque retal.

Durante a campanha os espaços públicos passam a ser tomados por faixas, banners e prédios iluminados na cor azul, e até mesmo brindes ou descontos na aquisição de produtos são promovidos como forma de alertar para a importância do diagnóstico precoce da doença.

Mulheres tiveram aula de zumba no encerramento do Outubro Rosa

Segundo os especialistas, é importante ter o diagnóstico o quanto antes. Eles observam que nas fases iniciais o paciente não apresenta sintomas de câncer.

Conforme a doença avança, o tumor cresce, ocasionando sangramento, obstrução do jato urinário e dor. Nos casos mais avançados da doença, as células malignas podem se espalhar pelo corpo, causando lesões nos ossos, pulmões e outros órgãos.

A partir dos 50 anos, é indicado que todo homem consulte um urologista regularmente para uma avaliação. A partir disso, o médico define a periodicidade da realização de exames.

No caso de histórico familiar, o indivíduo deve procurar um profissional 10 anos a menos da idade em que surgiu o câncer no parente (se o pai teve aos 55 anos, os filhos devem fazer exames a partir dos 45). (Tina Santos)

Mais

Tião agenda reunião com professores de Marabá para negociar dívida

Tião agenda reunião com professores de Marabá para negociar dívida

Os professores da rede municipal podem, finalmente, ter um encontro cara a cara com o prefeito Tião Miranda, de Marabá.…
Centenas ignoram vírus e aglomeram na Orla de Marabá

Centenas ignoram vírus e aglomeram na Orla de Marabá

Aglomeração, falta de uso de máscara, som alto, consumo de bebidas alcoólicas e desrespeito às medidas de segurança. Foi isso…
Autoescolas reivindicam centro de treinamento em protesto

Autoescolas reivindicam centro de treinamento em protesto

Uma manifestação pacífica tomou conta da entrada da sede da Prefeitura de Parauapebas, promovida pela Associação das Autoescolas de Parauapebas…
Já entregou o IRPF? Prazo acaba dia 31

Já entregou o IRPF? Prazo acaba dia 31

Se você ainda não entregou sua declaração do Imposto de Renda 2021 (IRPF) é melhor se apressar, o prazo acaba…
Cadastro para regularização fundiária do Bairro Liberdade continua

Cadastro para regularização fundiária do Bairro Liberdade continua

As equipes da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) e do Instituto de Terras do Pará (Iterpa) retornaram,…
Webinário debate os impactos da pandemia no setor cultural

Webinário debate os impactos da pandemia no setor cultural

Shows cancelados, cinemas fechados e visitação suspensa a museus e espaços culturais. Eis o cenário que o setor cultural vive…