Correio de Carajás

SEMMA apreende máquinas que retiravam argila próximo ao Rio Itacaiunas

A SEMMA (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) apreendeu uma retroescavadeira e uma caçamba que estavam retirando aterro de forma irregular às proximidades do Rio Itacaiunas, poucos metros acima da Folha 33. No local, estavam apenas o preposto da empresa Elite Construtora e Locações Ltda, que era o motorista, o qual foi conduzido para prestar informações na sede da SEMMA.

A apreensão foi realizada na tarde de ontem, quarta-feira, e segundo o técnico ambiental Romening Pereira dos Santos, o tamanho e profundidade da cratera aberta pelas máquinas ainda será avaliado para calcular o valor da multa, uma vez que a empresa não tinha autorização para retirar barro do local, por estar dentro da área de preservação permanente (APP) do Rio Itacaiunas.

O caminhão caçamba foi levado para o pátio da Semma, enquanto a retroescavadeira foi encaminhada para a Sevop (Secretaria Municipal de Viação e Obras Públicas), onde há mais espaço. Elas só deverão ser liberadas após pagamento da multa, que ainda será calculada.

Leia mais:

Romening diz que a equipe da Semma está alerta permanentemente com degradação ambiental na cidade, principalmente às margens do Rio Itacaiunas.

Em Marabá, foi criado o Movimento Pró-Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Itacaiunas, uma iniciativa do Ministério Público do Estado do Pará e vários outros parceiros, o qual desenvolve diversas atividades com o objetivo de conscientizar a população da necessidade de recuperar e preservar o Rio Itacaiunas. (Ulisses Pompeu)

A SEMMA (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) apreendeu uma retroescavadeira e uma caçamba que estavam retirando aterro de forma irregular às proximidades do Rio Itacaiunas, poucos metros acima da Folha 33. No local, estavam apenas o preposto da empresa Elite Construtora e Locações Ltda, que era o motorista, o qual foi conduzido para prestar informações na sede da SEMMA.

A apreensão foi realizada na tarde de ontem, quarta-feira, e segundo o técnico ambiental Romening Pereira dos Santos, o tamanho e profundidade da cratera aberta pelas máquinas ainda será avaliado para calcular o valor da multa, uma vez que a empresa não tinha autorização para retirar barro do local, por estar dentro da área de preservação permanente (APP) do Rio Itacaiunas.

O caminhão caçamba foi levado para o pátio da Semma, enquanto a retroescavadeira foi encaminhada para a Sevop (Secretaria Municipal de Viação e Obras Públicas), onde há mais espaço. Elas só deverão ser liberadas após pagamento da multa, que ainda será calculada.

Romening diz que a equipe da Semma está alerta permanentemente com degradação ambiental na cidade, principalmente às margens do Rio Itacaiunas.

Em Marabá, foi criado o Movimento Pró-Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Itacaiunas, uma iniciativa do Ministério Público do Estado do Pará e vários outros parceiros, o qual desenvolve diversas atividades com o objetivo de conscientizar a população da necessidade de recuperar e preservar o Rio Itacaiunas. (Ulisses Pompeu)

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.