Correio de Carajás

Secretário-adjunto de Saúde do PA visita obras de leitos em Parauapebas

Fotos: Davi Andrade
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Após passar por Marabá, o secretário-adjunto de Saúde do Estado do Pará, Alexandre Sipriano Ferraz, desembarcou junto da equipe técnica em Parauapebas para acompanhar as obras de construção de 28 leitos de UTI no município, já divulgadas pelo Correio de Carajás.

Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) possui na cidade 40 vagas exclusivas para atendimento a pacientes com covid-19, sendo 25 leitos clínicos e 15 de UTI. Todos estão ocupados.

Conforme o secretário-adjunto, as visitas estão sendo realizadas em diversos municípios para que a Secretaria de Saúde do Estado do Pará (Sespa) verifique quais os maiores empecilhos para abertura de mais leitos ou que estejam impedindo pacientes de conseguir rápido acesso a estas unidades. “Nós estamos ampliando a nossa rede de leitos, estamos abrindo em todo o estado 500 leitos ainda esta semana e contamos com o apoio de muitos prefeitos”, afirma.

Leia mais:

A previsão da Prefeitura de Parauapebas é que os novos 28 leitos sejam entregues em 8 de abril. A construção se dá em parceria com a mineradora Vale e o Instituto Acqua.

O secretário-adjunto falou, ainda, da preocupação com a possibilidade de falta de oxigênio em municípios do Estado do Pará, questão que não atrapalha o sono em Parauapebas, uma vez que o município é autossuficiente na produção.

“O Governo do Estado não mede esforços para que as nossas unidades estaduais tenham oxigênio à disposição e não tivemos problema desde o início da pandemia. Porém, é de responsabilidade dos municípios a gestão das unidades municipais, então o Governo do Estado vem com todo o aparato de inteligência e de gestão para organizar a logística. Estamos auxiliando muitos municípios e, principalmente, intermediando o contato deles com as empresas e também a logística para que nenhum fique desabastecido”, finalizou.

O secretário municipal de Saúde, Gilberto Laranjeiras, acompanhou a visita e relembrou que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) passou a atender exclusivamente casos de covid-19 para tentar evitar que pacientes chegam à internação, que é o maior gargalo.

Questionado sobre a possibilidade de reabertura do Hospital de Campanha, que mantinha 100 leitos e foi fechado em setembro passado – decisão bastante criticada pela comunidade -, ele argumentou que parte da estrutura, inclusive de pessoal, foi adaptada no antigo Hospital Municipal, onde estão os 40 leitos exclusivos. “Estamos fazendo agora 28 leitos de UTI, então ficará 40 de enfermaria e 28 de UTI nessa área”, diz, acrescentando ainda não ser um número suficiente, mas alegando que há o apoio da UPA.

Por fim, pediu consciência da população e destacou que o Ministério da Saúde publicou nesta semana extratos de dispensa de licitação para a compra de vacinas contra a covid-19 junto aos laboratórios Janssen Pharmaceutica e Pfizer. “Nosso governo vai aderir 138 milhões de doses e isso vai ser um ponto fundamental. Acredito que a gente vai ter um pouco de morosidade até essas vacinas chegarem, mas lentamente está chegando nas pontas”. (Luciana Marschall e Ítalo Almeida)

Comentários

Mais

Marabá: Salário mínimo começa a ser pago a famílias atingidas pela enchente

Marabá: Salário mínimo começa a ser pago a famílias atingidas pela enchente

Entre as várias iniciativas do governo do Estado para apoiar as famílias atingidas pelas cheias dos rios Tocantins e Itacaiúnas,…
Saúde antecipa entrega de terceiro lote de vacinas pediátricas

Saúde antecipa entrega de terceiro lote de vacinas pediátricas

O Ministério da Saúde divulgou nesta segunda-feira (17) que antecipou a data da chegada do terceiro lote das vacinas pediátricas.…
Pará registra 17.249 mortes por Covid-19 e 634.200 casos

Pará registra 17.249 mortes por Covid-19 e 634.200 casos

O Pará contabiliza 17.249 mortes e 634.200 casos de Covid-19 desde o início da pandemia, segundo os dados divulgados no…
Multidão na orla para curtir enchente preocupa autoridades

Multidão na orla para curtir enchente preocupa autoridades

A via do bambuzal engarrafada, a Avenida Antônio Maia lotada de veículos de um lado e do outro. As transversais,…
Covid: Saúde começa a distribuir 2ª remessa de vacinas para crianças

Covid: Saúde começa a distribuir 2ª remessa de vacinas para crianças

O Ministério da Saúde começou a distribuir a segunda remessa de vacinas contra a covid-19 voltadas para crianças. O lote…
Projeto cicloviário para Marabá nasce na Unifesspa

Projeto cicloviário para Marabá nasce na Unifesspa

A turma de engenharia civil da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) desenvolveu projetos cicloviários para a…