Correio de Carajás

SABATINA: Arildo da Escrimat quer fornecer transporte público gratuito para Canaã

Foto: Davi Costa/Ascom
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O candidato a prefeito de Canaã dos Carajás Arildo da Escrimat (PRTB) foi o segundo entrevistado, na manhã desta terça (27), das sabatinas realizadas no estúdio da Rádio Correio FM 99.9 pelo Grupo Correio de Comunicação. A entrevista foi mediada pelo radialista Beto Rodrigues e teve participação das jornalistas Flávia Orquiza, da TV Correio, e Luciana Marschall, do Portal Correio de Carajás.

Ele usou o tempo de abertura para apresentar um histórico sobre como chegou e se instalou no município, tornando-se empresário de sucesso. Adentrando os temas pré-determinados para as entrevistas, passou a falar de infraestrutura, afirmando que considera todas as frentes prioritárias, mas questionando a forma como as obras são executadas pelo atual governo.

“Mais importante que fazer é fazer com qualidade e planejamento. Há dois ou três anos houve reforma na (avenida) Weyne Cavalcante, custou um monte de dinheiro e agora quebrou tudo”, comentou, acrescentando que pretende, caso eleito, investir mais e melhor em tudo aquilo que for planejar.

Leia mais:

Sobre mobilidade urbana, um dos grandes problemas de Canaã dos Carajás que possui ponto de ônibus instalado, mas não tem frota rodando, ele afirmou que pretende instalar transporte público gratuito para a população. Questionado se pretende executar a ousada proposta por meio da aquisição de frota, explicou que a ideia é firmar parcerias com o comércio local e começar de forma moderada.

“Nesse primeiro momento (o ônibus) vai passar nas principais avenidas da cidade. Eu não tô dizendo que o transporte público, em um primeiro momento, vai passar em sua casa, mas ele vai acessar as principais avenidas do seu bairro, inclusive na VS-52 até a última chácara, pois é um povo que sofre muito. Eles estão no abandono”, comenta.

EDUCAÇÃO

Sobre educação, o candidato pretende no primeiro ano de governo realizar o que denominou de Avaliação Municipal de Ensino (AME) para identificar em que pé está o ensino do município. “Nós precisamos saber em que nível os nossos alunos estão, né? Então vamos realizar esse AME e com essa métrica nós vamos criar as ações necessárias”, diz.

Ele focou também na qualificação do educador, destacando que não basta a construção de prédios modernos. “Nós precisamos dar uma formação continuada para os mestres, preparar quem tá ensinando. Depois que estiver o mestre preparado, aí sim eu faria as escolas bonitas. A gente precisa criar o centro de formação de professores, realmente dar condição para o profissional da educação trabalhar”.

Neste ponto, deixou claro que não pretende alterar Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos professores e que prefere valorizá-los por meio de gratificações por produção.

O principal projeto defendido por ele nesta área é a criação da “Cidade do Conhecimento”, uma escola em tempo integral que ele pretende tornar “a melhor do Brasil”. A instalação se daria em uma área já existente – atualmente desativada – onde várias iniciativas seriam desenvolvidas.  

SAÚDE

Ao tratar sobre saúde, Arildo afirmou ter mudado totalmente de visão sobre o tema desde que iniciou a corrida eleitoral. Conforme ele, acreditava que a saúde possuía menos problemas que os relatados pela população quando passou a ir de casa em casa.

“Tudo sempre pode melhorar, mas eu achava que a saúde de Canaã estava indo dentro duma normalidade. Acontece que não tem uma casa que a gente entre que alguém não tenha um testemunho sobre a saúde. E testemunho terrível, sabe? Então não está funcionando. É até com tristeza que eu digo isso, não está (funcionando) e as pessoas desistem. Tem pessoas em Canaã que estão buscando socorro em Parauapebas ( a 65 km de distância) pra serem tratadas e são tratamentos relativamente simples”, declarou.

Criticou a construção do novo prédio da Prefeitura Municipal e afirma que caso eleito pretende transformá-lo em um hospital. “É questão de prioridade! Eu, prefeito, jamais iria reconstruir uma Prefeitura pra mim, com gabinete novo, e deixar o povo morrendo. Passou da hora da gente ter um hospital equipado. Nós temos dinheiro!”.

De acordo com ele, após essa mudança, seria possível criar um centro de especialidades voltado às mulheres no prédio do atual hospital do município, o Daniel Gonçalves.

AGRICULTURA

Sobre agricultura, afirmou ter descoberto que as máquinas da Prefeitura possuem “pessoas preferidas pra trabalhar”, esclarecendo ter ouvido do homem do campo que a ajuda de Canaã dos Carajás é direcionada. Afirma ter como objetivo criar microrregiões e equipar cada uma com um técnico em agronomia, além de um agrônomo coordenando todos os técnicos.  “Nós precisamos que esses técnicos estejam dentro da propriedade dessas pessoas no mínimo uma vez a cada quinze dias”, diz. Destacou, ainda, haver um fundo municipal milionário voltado para as atividades rurais, mas praticamente intocável devido à burocracia para o acesso. “Precisamos desburocratizar, tem lá o negócio, R$ 50 milhões para qualquer um que quiser pegar, mas é inacessível”.

MORADIA

Ao ser questionado sobre o projeto de habitação da equipe dele, o candidato se negou a estabelecer meta para construção de unidades, mas afirma que pretende melhorar a qualidade do imóvel normalmente entregue em programas de habitação.

“Eu quero mostrar a eficiência do setor privado na construção de uma casa com três quartos, uma suíte, banheiro e que é quase o valor de uma casa popular. Pra quem vive na beira duma água, pra quem vive numa casa que tava caindo aos pedaços, uma casa popular é uma benção, é claro, mas nós podemos fazer muito melhor. O nosso plano de habitação vai muito além de colocar um monte de gente na caixinha de fósforos. Nós queremos, inclusive, colocar os móveis essenciais ali dentro”.

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Ao ser questionado sobre as propostas para desenvolvimentos social o candidato focou em defender o apoio aos projetos voluntários que são desenvolvidos nos bairros. Ele afirma pretender criar um departamento para tratar exclusivamente desses projetos, formalizando-os e enquadrando-os enquanto associações ou fundações, por exemplo. Em seguida, pretende treinar os responsáveis por cada projeto e garantir a manutenção deles, além de ajudá-los a acessar programas internacionais de captação de recursos.

EMPREGO E RENDA

No tema emprego e renda, Arildo afirma achar um absurdo a população local estar desempregada enquanto os cargos são ocupados por pessoas de fora. Para ele, é essencial que o município garanta a qualificação dos moradores para que possam concorrer às vagas existentes na cidade, por meio de parceria com as escolas técnicas.

Além disso, quer realizar uma campanha de conscientização junto a estes trabalhadores. “Muitas vezes os trabalhadores se sentem incapazes de assumir uma vaga. Foi plantada tanta coisa negativa na cabeça dele. Então a gente precisa primeiro preparar essa pessoa pra gerar vontade nela de querer”, defende.

ESPORTE, LAZER E CULTURA

O candidato foi questionado sobre o planejamento dele para a área cultural, uma vez que não consta esse tema específico no programa de governo. Respondeu que, para ele, a cultura está englobada com o esporte e o lazer. A partir daí, apresentou as propostas em lazer e esporte que estão listadas no plano divulgado pela candidatura, defendendo principalmente a criação de complexos esportivos.

FUTURO INDEFINIDO

Ainda no início da entrevista o candidato falou sobra a atual situação da candidatura dele classificada como impugnada com recurso junto ao Superior Tribunal Eleitoral (TSE) e explicou que a questão envolve desentendimento com o PRTB, partido pelo qual se registrou. Iniciou a fala defendendo o fim dos partidos políticos do país, principalmente dos pequenos.

Explicou que ao tentar registrar a própria candidatura, por meio do advogado que o representa, não conseguiu acesso à senha necessária que deveria ser fornecida pela presidência do partido o município. Ao insistir, recebeu a informação de que o presidente nacional, Levy Fidelix, havia decidido pela não realização da campanha em Canaã dos Carajás.

Ele garante nunca ter tido acesso à tal nota encaminhada pela direção nacional. Moveu ação judicial para tentar solucionar a questão e o juiz eleitoral liberou uma senha para que a candidatura fosse registrada. A partir disso, relata, o partido passou a lutar para indeferir a candidatura.

“Não tem motivo nenhum para eles estarem tentando nos tirar a todo momento. Nós não usamos o fundo partidário, não usamos o fundo eleitoral, nunca pedimos um real pro partido, muito pelo contrário, o partido tava todo desorganizado, com certidões atrasadas há mais de quatro anos, nós organizamos todo o partido pra poder ser candidato”.

Afirma ser mentira ter sido expulso, pois nunca recebeu notificação, e relata ter sido acusado de agredir o presidente estadual, o que nega. Por fim, diz ter conseguido falar com o presidente nacional e que este desconversou sobre a falta de apoio. “É no mínimo estranho o que tá acontecendo, né? Já que o partido não tem despesa”.

Após ter a candidatura impugnada, Arildo da Escrimat recorreu ao Tribunal Regional Eleitoral e aguarda posicionamento judicial.

SABATINAS

O próximo candidato a ser entrevistado é Alexsandro da Bonança, do PTC, às 10 horas, nesta quarta (28). A distribuição da ordem das entrevistas ocorreu por meio de sorteio realizado na presença dos assessores dos candidatos, à exceção de Josemira Gadelha, que não enviou representante. Na quinta (29) a candidata do MDB é aguardada e na sexta (30) o candidato Junior Super, do PSDB. O primeiro entrevistado, nesta segunda (26), foi Jean Carlos (PODEMOS). (Luciana Marschall)

Mais

Ministros reiteram relevância da ciência para combate à pandemia

Ministros reiteram relevância da ciência para combate à pandemia

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse hoje (10) não haver outro caminho, se não a ciência, para lidar com…
Estados e municípios poderão utilizar saldos de fundos de saúde

Estados e municípios poderão utilizar saldos de fundos de saúde

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei complementar que estende até o fim de 2021 a autorização concedida a estados,…
Senadores avaliam semana da CPI da Pandemia como positiva

Senadores avaliam semana da CPI da Pandemia como positiva

Os senadores avaliaram de forma positiva a primeira semana de oitivas da CPI da Pandemia. Foram ouvidos os ex-ministros da…
Brasil precisa fortalecer produção de insumos, diz Queiroga

Brasil precisa fortalecer produção de insumos, diz Queiroga

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta quinta-feira (6) em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia…
Queiroga diz que enfrentamento à pandemia requer união de forças

Queiroga diz que enfrentamento à pandemia requer união de forças

Em depoimento nesta quinta-feira (6) à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia no Senado, o ministro da Saúde, Marcelo…
Teich diz que deixou cargo por falta de autonomia e por não aceitar cloroquina

Teich diz que deixou cargo por falta de autonomia e por não aceitar cloroquina

O ex-ministro da Saúde Nelson Teich disse nesta quarta-feira (5) em depoimento à CPI da Pandemia que deixou o governo…