Ads

> Mesmo numa Sessão Solene da Câmara Municipal de Marabá pode sair algum discurso que dê o que falar. E quem conseguiu esse protagonismo ontem, na sessão em homenagem aos advogados, foi o veterano vereador Miguel Gomes Filho, o Miguelito.

Ads

> Em sua fala da tribuna, ele destacou que concluirá o seu curso de Direito em 2020 e avisou que o seu objetivo desde já é chegar a presidente da Subseção da OAB em Marabá.

> Segundo ele, a meta é essa para, com as prerrogativas da função, fazer frente a juízes e promotores que não respeitam os advogados no exercício de suas atividades.

> É cada vez mais certo que o prefeito Tião Miranda vá mesmo tentar reeleição em 2020. É o que projetam pessoas ligadas a ele. As mesmas pessoas que consideram pouco provável uma candidatura do ex-vice-prefeito e hoje deputado Toni Cunha, pela conta simples: ambos estão no PTB, que obviamente teria predileção por Tião, já no cargo.

> Esses mesmos apoiadores do gestor não veem possibilidade de Toni deixar o partido pelo qual se elegeu deputado, pelo risco de perder a cadeira na Alepa.

> A lei da fidelidade partidária só permite que ele saia da legenda por expulsão ou por uma espécie de acordo de cavalheiros, pelo qual ele alega constrangimento dentro da legenda e o partido lhe concede um aval, concordando formalmente com a sua saída.

Ads