> O secretário nacional de segurança pública, o generalGuilherme Theophilo, desembarca nesta quinta-feira (7) na capital paraense.Durante a manhã, ele se reúne com o governador Helder Barbalho, para tratarsobre a temática e informará também a data da chega da Força Nacional aoEstado.

> Depois da pressão de prefeitos e parlamentaresinsatisfeitos com a paralisia quase completa do Minha Casa Minha Vida (MCMV)nos dois primeiros meses do ano, o ministro da Economia, Paulo Guedes, decidiuliberar R$ 700 milhões para pagar parcelas vencidas às construtoras queparticipam do programa habitacional. Além de pagar as parcelas atrasadas, osrecursos também devem garantir o fluxo de despesas pelo menos até o fim demarço.

> Os financiamentos do MCMV são feitos com recursos doFGTS. Para as faixas de renda mais baixa, porém, há um subsídio com recursos doTesouro Nacional.

> E é nesse repasse que está o problema. Como o governodecidiu fazer um forte controle dos gastos no início do ano, isso acabouafetando os financiamentos.

> Pouquíssimos políticos locais foram vistos testandopopularidade nos eventos ligados ao Carnaval em Marabá. Um ou outro foi vistona concentração de um bloco ou dando uma conferida na orla.

> Pelo visto a grande maioria se reservou ao descanso e aoisolamento com a família.

> Já em Parauapebas, a Câmara Municipal retoma seustrabalhos em plenário hoje (7). Será a Sessão Ordinária da semana, uma vez queterça e quarta-feira ficaram prejudicadas.

> A Câmara de Marabá, que oficialmente divulga estarretomando os trabalhos nesta quinta-feira, no pós-Carnaval, só tem sessãoplenária na próxima terça-feira.