Correio de Carajás

Repórter Correio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

UTI continua

Importante blogueiro de Belém postou que o Hospital Regional em Marabá havia fechado a ala exclusiva para pacientes com covid-19. Ocorre que ele estava equivocado, conforme confirmou o Repórter Correio junto à assessoria do HRSP. Eles garantem que a ala ali existente, que é justamente a de UTI’s para pacientes em estado grave pela doença, segue atendendo normalmente a todas as demandas da região. São 50 leitos na Unidade de Terapia Intensiva, sendo que ontem o dia foi encerrado com 37 pacientes.

Alento

Leia mais:

Mesmo sendo um número alto de pacientes aos cuidados intensivos, a semana foi de avanço, uma vez que dentro da pandemia esse índice de ocupação da UTIs em 74% não ocorre desde 2020. Nos últimos meses o hospital sempre esteve com 95% ou mais de ocupação desses leitos. Essa pressão começou a distensionar no dia 8 de julho e desde então não houve mais risco de falta de leito de UTI para covid.

Reflexo da vacina

O que está acontecendo em Marabá já pode ser reflexo do que tem sido visto no resto do país. O avanço da vacinação continua a reduzir a internação de pacientes com covid-19 em unidades de terapia intensiva (UTIs) em todo o Brasil e, pela primeira vez desde dezembro de 2020, nenhuma unidade da federação está com mais de 90% desses leitos ocupados. O dado consta do Boletim Observatório Covid-19, divulgado ontem (14) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Segundo os pesquisadores da Fiocruz, a vacinação tem feito diferença e traz reflexos positivos ao quadro pandêmico à medida que é ampliada.

Direito à saúde

Associação Brasileira de Advogados (ABA) deu posse no final de junho aos membros da sua Comissão Nacional de Direito à Saúde. Representando o Pará, a experiente causídica Aracélia Vieira, destacada pela Subseção da OAB de Marabá. A ABA é uma associação voluntária de advogados e advogadas, fundada em 2002, com sede em Brasília e atuação em todo território.

Círio de Belém

Enquanto o Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Marabá já está definido que ocorrerá de forma alternativa e online, como no ano passado, em Belém, a organização ainda não bateu o martelo e tem deixado o tempo correr para ver se algo mais muda no panorama da pandemia. A Diretoria da Festa de Nazaré emitiu uma nota em que esclarece que nenhuma decisão sobre a realização do Círio foi tomada. O suspense deve durar até o dia 8 de agosto, data em que ocorrerá a divulgação da programação oficial de 2021.

Comentários

Repórter Correio

Novo comandante Será no dia 9 de agosto, às 18 horas, a posse do coronel Dayvid Sarah Lima como novo…

Repórter Correio

Ensaio de Chuva Marabá teve nesta sexta-feira (30) registro de pancadas de chuvas em alguns bairros na área urbana, sendo…

Repórter Correio

Novo livro O aclamado e premiado autor paraense Salomão Larêdo confirmou ontem ao Repórter Correio que o lançamento da sua…

Repórter Correio

Covid em Marabá A vacinação da população adulta em geral (até agora maiores de 25 anos, parcialmente) parece já vir…

Repórter Correio

Mais um aeroporto? Marabá e Carajás podem perder em breve o status de únicos aeroportos do sul e sudeste do…

Repórter Correio

Violência Mais um passo foi dado para aprimorar o combate à violência contra grupos vulneráveis no Pará. Para dar celeridade…