Correio de Carajás

Repórter Correio 20/03/2021

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
1 Visualizações

Covid no Pará

O Pará registrava, nesta sexta (19), mais 2.627 infectados pelo novo coronavírus e novas 60 mortes causadas pela Covid-19. O estado acumula, até então, 396.302 casos e 9.742 óbitos. Segundo atualização da Secretaria de Estado de Saúde (Sespa), foram 339 novos casos e 31 óbitos dos últimos sete dias e mais 2.288 casos e 29 mortes de dias anteriores. O Pará possui 368.053 recuperados, 67.183 casos descartados e 1.440 casos em análise.

Covid no Pará II

Leia mais:

Em Belém, a Secretaria Municipal de Saúde confirmou 424 novos casos de Covid-19, nas últimas 24 horas. A capital registra 80.793 casos e 3.150 óbitos registrados. A taxa de ocupação na cidade é de 87% para leitos de UTI e 83,5% para leitos clínicos. Belém tem 72.974 recuperados. Já em relação à ocupação de leitos na rede estadual, o Pará tem 78,48% dos leitos clínicos e 85,64% das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) ocupados. A Sespa informou que foram realizados 596.520 testes rápidos e 172.069 testes de PCR para Covid-19 no Pará.

Lockdown

Em discurso firme na noite de ontem (19), o governador Helder Barbalho afirmou que a pressão sobre o sistema de saúde ainda é grande e que não dá para relaxar nas medidas, ainda. Com isso, o lockdown na região metropolitana de Belém seguirá até o dia 29 de março, perfazendo duas semanas completas.

Mais vacina

O governante também prometeu ampliar a oferta de vacinas nestas mesmas cidades. Na véspera já havia liberado 34 mil doses para a região metropolitana e hoje vai autorizar mais 60 mil doses do estoque que estava guardado para segunda etapa de vacinação. Quer chegar logo ao público de 63 anos ou mais.

Segurança Pública

Helder também fez um anúncio inédito no Brasil: que conseguiu o ok do Ministério Público para ampliar a vacinação aos membros da segurança pública que estão na linha de frente: policiais militares, civis, federais e até guardas municipais.

Deu bug

Os serviços dos aplicativos WhatsApp e Instagram voltaram a funcionar por volta das 15h10 de ontem (19) após apresentarem instabilidade. Por volta das 14 horas, usuários das duas redes sociais relataram falhas para acessar as plataformas. As versões para desktop de ambas as redes também ficaram indisponíveis, mas o serviço foi retomado normalmente.

Deu bug II

Por meio de sua conta no Twitter, o WhatsApp confirmou que registrou instabilidade por cerca de 45 minutos, mas que a situação já foi normalizada. Também por meio de sua conta no Twitter, o Instagram informou que alguns usuários chegaram a registrar dificuldades de acesso, mas que o problema já foi corrigido.

Comentários

Repórter Correio

Enchente Após um período de seguidos recuos, chegando a 8,09 metros acima do normal no dia 14, o Rio Tocantins…

Repórter Correio

Linhão de Tucuruí O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, informou que deverão ter início ainda…

Repórter Correio 13/04/2021

Renúncia no Conjove Em reunião extraordinária na tarde de ontem (12) na sede da Associação Comercial de Marabá (Acim), Kessiana…

Repórter Correio 03/04/2021

Abril chuvoso O mês de abril começou com fortes chuvas no Pará, depois de um mês de março com altos…

Repórter Correio 01/04/2021

Passou pelo Pará Para quem não percebeu, o novo comandante do Exército Brasileiro, general-de-Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, é…

Repórter Correio 30/03/2021

Covid em Marabá Marabá registrou mais quatro mortes por covid em 48 horas, duas deles nesta segunda-feira (29/3): um homem…