Correio de Carajás

Repórter Correio 10/10/2020

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Luto na advocacia

Foi declarada no final da tarde de ontem (9) a morte cerebral do atuante advogado criminalista Osvaldo Serrão, um dos profissionais mais renomados do Pará. Ele estava internado em hospital particular da capital e a família revelou que, ao contrário do que vinha sendo especulado, ele não estava com covid-19. Osvaldo sofreu um mal súbito, caiu ao chão e não mais recobrou a consciência. Os médicos avaliaram o quadro como irreversível.

Fraude todo dia

Leia mais:

Agência bancária da Nova Marabá acionou a Polícia Federal esta semana para dar voz de prisão em uma idosa e o seu acompanhante que tentavam sacar uma quantia alta em dinheiro, de benefício de pensão de viúva de militar. Os funcionários da instituição bancária, já treinados para a forma de agir das quadrilhas, logo perceberam se tratar de esperteza. A quantia era de R$ 14 mil.

Fraude todo dia II

Um dos principais indicativos da tentativa de fraude ficou a cargo dos documentos pessoais apresentados pela mulher, que eram cópias, ou como ela alegou: segundas vias. Uma montagem com a foto dela e os dados da verdadeira beneficiária. Os policiais chegaram ao local com discrição e chamaram a dupla a acompanhá-los até a DPF.

Prepare o bolso

A Petrobras aprovou ontem (9) um reajuste médio de 4% no preço da gasolina em suas refinarias, o que equivale a R$ 0,07 por litro. O aumento vale a partir de hoje (10).  Também será reajustado o diesel vendido pela Petrobras. O combustível ficará 5% mais caro, o que equivale a 0,08 centavos. Com o reajuste, o litro da gasolina passará a custar R$ 1,82 nas refinarias, enquanto o diesel, R$ 1,76. Após ser vendido pela Petrobras aos distribuidores, o combustível aumenta de preço até chegar ao consumidor final adicionado de impostos estaduais e federais, custos de distribuição e revenda e adição de biocombustível.

Prepare o bolso II

O preço praticado pela Petrobras em suas refinarias correspondeu, entre julho e agosto, a 30% do preço final da gasolina e a 49% do preço final do diesel vendidos nos postos de combustíveis. Ao divulgar os reajustes, a Petrobras informou que, ao longo do ano, os preços dos dois combustíveis acumulam queda. No caso da gasolina, o preço está 5,3% mais baixo que o de janeiro. Já o diesel vendido nas refinarias está 24,3% mais barato que no início do ano.

Comentários

Repórter Correio

Covid em Marabá A vacinação da população adulta em geral (até agora maiores de 25 anos, parcialmente) parece já vir…

Repórter Correio

Mais um aeroporto? Marabá e Carajás podem perder em breve o status de únicos aeroportos do sul e sudeste do…

Repórter Correio

Violência Mais um passo foi dado para aprimorar o combate à violência contra grupos vulneráveis no Pará. Para dar celeridade…

Repórter Correio

Alívio e esperança Marabá completou nesta segunda-feira três dias sem mortes por covid-19. Os números em relação a pacientes graves…

Repórter Correio

Covid no Pará O Pará registrava até esta sexta-feira (16) um total de 566.006 casos de Covid-19 e 15.815 mortes…

Repórter Correio

UTI continua Importante blogueiro de Belém postou que o Hospital Regional em Marabá havia fechado a ala exclusiva para pacientes…