Correio de Carajás

Repórter Correio 07/09/19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Crime no Lago

Mais de 2.300 metros de malhadeiras irregulares, arpões, armadilhas para pássaros, armas de fogo, motosserras, gaiolas e outros apetrechos utilizados na prática de crimes ambientais, como pesca predatória, desmatamento e caça, foram apreendidos na região do Mosaico Lago de Tucuruí, no sudeste paraense. Desde o último domingo (1º), o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio), por meio da Gerência do Lago de Tucuruí, realiza ações integradas na região com apoio da 23ª Brigada de Infantaria e Selva de Tucuruí e de secretarias municipais de Meio Ambiente.

Crime no Lago II

Leia mais:

O objetivo é combater o desmatamento, queimadas e outros ilícitos ambientais nas Unidades de Conservação estaduais, que abrangem os municípios de Tucuruí, Breu Branco, Goianésia do Pará, Jacundá, Novo Repartimento, Nova Ipixuna e Itupiranga. As ações de fiscalização, coordenadas pela Gerência do Lago de Tucuruí, já estavam sendo executadas de forma conjunta com as secretariais municipais de Novo Repartimento, Tucuruí e Jacundá. Para intensificar o trabalho, foi solicitado apoio do Exército, informou a presidente do Ideflor-Bio, Karla Bengtson.

Plano de saúde

A Secretaria de Administração Municipal de Marabá informa aos servidores que o convênio de saúde entre Unimed Fama e a Prefeitura voltará a funcionar normalmente o seu devido atendimento somente a partir do dia 1º de outubro de 2019.  Há cerca de dois meses, mais de mil vidas ficaram descobertas, no período de transição entre a Unimed Sul do Pará e a Unimed Fama.

Horta nas escolas

A Secretaria Municipal de Educação de Marabá iniciou, em parceria com o Ministério Público, um projeto de hortas comunitárias nas escolas, denominado “Quintal da Vovó”. A ideia é inserir hortas comunitárias nas escolas do município, para que sirvam tanto como fonte de alimento orgânico, quanto para educação ambiental dos alunos. Várias escolas já receberam o projeto, que deve se expandir para outras instituições educacionais.

Banco garantido

Esta semana, atendendo ao pedido da Promotoria de Justiça de São Geraldo do Araguaia em conjunto com a Defensoria Pública, a Comarca do município, através do juiz Antônio José dos Santos, determinou que o Banco do Brasil S.A. regularize, no prazo de 30 dias, a prestação de serviços durante o horário regular de expediente na sua agência naquela cidade. Depois de sofrer sucessivos assaltos e arrombamentos, a agência bancária tem funcionado com suas atividades reduzidas, deixando de oferecer serviços de movimentação em espécie no guichê de caixas e de autoatendimento, bem como outros serviços como depósitos e pagamentos.

Covid em Marabá

Covid em Marabá Os leitos de UTI seguem com 100% de ocupação em Marabá, ou seja, 50 em 50 existentes.…

Repórter Correio

Enchente Embora lentamente, o nível do Rio Tocantins voltou a apresentar baixa e ontem estava em 8,34 metros acima do…

Repórter Correio

Covid no Pará O balanço da Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa) divulgado nesta sexta-feira (30/4), sobre a covid-19…

Repórter Correio

Alok no Pará Tido como o DJ mais importante, conhecido e requisitado do mundo, o brasileiro Alok está no Pará.…

Repórter Correio

Triste estatística Ao longo do dia de ontem Parauapebas ultrapassou pela primeira vez Marabá no número de óbitos por covid-19:…

Repórter Correio

Promoção na PM O atual comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar, em Marabá, oficial Dayvid Sarah Lima, acaba de…