Ads

Pecuária

Ads

O país registrou um abate de 7,89 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária no primeiro trimestre de 2019, segundo as Pesquisas Trimestrais do Abate de Animais divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado foi 1,6% superior ao obtido no primeiro trimestre de 2018. Em relação ao quarto trimestre de 2018, porém, houve redução de 3,6%.

Pecuária II

Em números absolutos, foram abatidas 121,06 mil cabeças de bovinos a mais no primeiro trimestre de 2019 em relação ao mesmo período do ano anterior, refletindo aumentos em 14 das 27 Unidades da Federação. Os destaques foram Mato Grosso (+144,40 mil cabeças), Tocantins (+35,59 mil cabeças), Rondônia (+27,87 mil cabeças), Mato Grosso do Sul (+25,59 mil cabeças), Paraná (+11,60 mil cabeças) e Santa Catarina (+3,90 mil cabeças).

Queda

As quedas mais intensas ocorreram no Pará (-36,93 mil cabeças), Minas Gerais (-25,53 mil cabeças), Goiás (-23,29 mil cabeças), Rio Grande do Sul (-14,51 mil cabeças), São Paulo (-11,23 mil cabeças), Acre (-9,56 mil cabeças), Maranhão (-9,46 mil cabeças) e Bahia (-9,27 mil cabeças).

Arroba

A média das cotações da arroba subiu em julho na comparação com o mês anterior, de acordo com levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP). O Indicador do boi gordo ESALQ/B3 (mercado paulista, à vista) teve média de R$ 153,12 a arroba em julho, valor 2,11% acima da registrada em junho.

Formação religiosa

Os padres Antônio e Peterson, respectivamente da Paróquia São José Operário e Paróquia de Nossa Senhora, em Marabá, estão no Rio de Janeiro. Eles participam desde ontem e até o dia 9 de agosto, do Curso de Formação sobre Exorcismo. O evento é promovido pelo arquidiocese da capital fluminense e ministrado pelo padre Piermario Burgo.

Cultura

Foi divulgado na manhã desta segunda-feira (5) o resultado do edital de credenciamento n°006/2019 destinado a artistas, profissionais e fazedores de cultura. A relação dos candidatos habilitados em suas respectivas áreas pode ser acessada no site da Secult.

Cultura II

O objetivo da ação é de credenciar artistas e profissionais das áreas de cultura e de línguas, para a prestação de serviço em ações da Secretaria de acordo com a demanda de eventos a serem realizados no período de 12 meses. Esse trabalho permite potencializar ações e projetos de diversas práticas culturais no Pará. O edital permanece aberto com inscrições gratuitas que vão até 1° de julho de 2020.

Ads