Correio de Carajás

Repórter Correio 02/06/2020

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Ministério Público

Ainda não há uma data definida para a retomada das atividades presenciais do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA). Apesar disso, como ação preventiva ao retorno, o procurador-geral de Justiça, Gilberto Martins, criou uma comissão para analisar os riscos e planejar as medidas de aspecto sanitário e de educação comportamental de membros, servidores, estagiários, terceirizados e do público em geral. A Comissão de Retorno ao Trabalho Presencial (CRTP) é vinculada à Subprocuradoria-Geral de Justiça para a área Técnico-Administrativa e é formada por membros e servidores do MPPA.

Retorno

Leia mais:

O grupo, criado em 25 de maio por meio da portaria nº 1.822/2020, já está desenvolvendo estudos sobre a forma mais segura de retomada das atividades presenciais. Um dos produtos do grupo será a formatação de um documento institucional com orientações técnicas para as novas formas de trabalho e de atendimento ao público.

Microempresas

O volume de crédito concedido pela Caixa Econômica Federal a microempresas somou R$ 6,3 bilhões durante a pandemia do novo coronavírus, disse ontem (1º) o presidente do banco, Pedro Guimarães. Apenas em maio, o volume emprestado ao segmento mais do que dobrou em relação ao mesmo mês de 2019. No mês passado, a Caixa emprestou R$ 2,464 bilhões a microempresas, crescimento de 111% em relação ao R$ 1,164 milhão emprestado em maio do ano passado.

Microempresas II

Em relação à distribuição das linhas de crédito, 54,1 mil microempresas contraíram empréstimos da Caixa desde o início da pandemia. O crédito com auxílio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) somou R$ 780,1 milhões para 9,9 mil negócios. O crédito de auxílio à folha de pagamento (em troca da não demissão de empregados) totalizou R$ 145,2 milhões para 5,4 mil empresas.

Padre Paulo

A Coordenadoria Estadual da Infância e da Juventude (Ceij), do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, divulgou nota de profundo pesar pelo falecimento do Padre Bruno Sechi, no último dia 29/5. Ao se solidarizar com familiares e com a sociedade paraense pela perda do fundador do Movimento de Emaús, cuja “trajetória de vida foi marcada pela dedicação relevante à defesa dos direitos de crianças e adolescentes”, a Ceij lembra que Padre Bruno sempre se mostrou persistente e incansável no trabalho de impulsionar toda a sociedade paraense a assumir também seu papel de promotora de direitos.

Feminicídios

Na primeira atualização de um relatório produzido a pedido do Banco Mundial, o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) destaca que os casos de feminicídio cresceram 22,2%,entre março e abril deste ano, em 12 estados do país, comparativamente ao ano passado. Intitulado Violência Doméstica durante a Pandemia de Covid-19, o documento foi divulgado ontem (1º) e tem como referência dados coletados nos órgãos de segurança dos estados brasileiros.

Comentários

Repórter Correio

Dicas digitais Promete ser um sucesso, neste domingo (26), em Marabá, o Workshop Dicas Digitais com o badalado Rapha Falcão.…

Repórter Correio

Vacinação em Marabá Em Marabá, o dia ontem foi dedicado à vacinação de pessoas acima dos 12 anos com primeira…

Repórter Correio

Ligado ao Pará Da altura de seus 81 anos de vida, o geólogo Breno Augusto dos Santos, descobridor do minério…

REPÓRTER CORREIO

Aprovados convocados A Prefeitura Municipal de Marabá convoca 10 candidatos aprovados no concurso Público Municipal de nº 001/2018 para, no…

Repórter Correio

Chuva, ventania e caos Moradores do Bairro Novo Horizonte entraram em contato com o Jornal Correio para falar sobre o…

REPÓRTER CORREIO

Abarrotados de vacina Na região sudeste do Pará, apenas Marabá e Parauapebas estão conseguindo dar vazão às vacinas contra covid-19.…