Correio de Carajás

Quem ataca? Como defende? Brasil x Argentina tem pegadinhas de Tite para rival

(Foto: Globo Esporte)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Firmino ou Gabriel Jesus? 4-1-4-1 ou 4-4-2? Arthur ou Fred? Renato Augusto joga? O que parecia ser consequência de um claro planejamento se transformou num mar de possibilidades a partir do momento em que Tite, pela primeira vez no seu trigésimo jogo à frente da Seleção, não revelou a escalação para o clássico desta terça-feira, contra a Argentina.

Na entrevista de segunda-feira, Tite admitiu que não se sente confortável fazendo mistério, mas quer dar a Lionel Scaloni, técnico argentino, algumas dúvidas sobre sua seleção.

Havia a expectativa de que seis alterações fossem feitas em relação à equipe que entrou em campo na vitória por 2 a 0 sobre a Arábia Saudita. Quatro delas devem acontecer: Alisson, Danilo, Miranda e Filipe Luís nos lugares de Ederson, Fabinho, Pablo e Alex Sandro.

Do meio para frente, prevalece um ponto de interrogação.

Arthur ou Fred?

O volante do Barcelona tem ganhado espaço em seu novo clube, e a tendência de Tite dar vez a todos os convocados leva a crer que ele pode ter sua chance no lugar de Fred. Porém, o meio-campista do Manchester United saiu no intervalo sexta-feira passada. Vê-lo em campo noutras circunstâncias poderia ser proveitoso para a comissão técnica.

Durante o aquecimento do treino de domingo, Tite teve um papo com o Arthur, encerrado com um carinho no rosto do atleta. À noite, em entrevista ao site da CBF, o jogador agradeceu a oportunidade, numa pista de que ele poderia jogar.

Firmino ou Gabriel Jesus?

Nessa mesma ocasião, Tite também falou com Jesus. Joga? Não joga? Imaginava-se que Firmino, hoje em vantagem na disputa pela posição, teria sido preservado para o clássico. Mas será que a comissão técnica pretende aproveitar o gol de Gabriel sobre os sauditas e impulsionar a retomada de sua melhor fase?

A opção por um ou outro não é só individual. Tite já frisou inúmeras vezes que são jogadores de características diferentes. Firmino completa o meio-campo, abre espaço para os pontas, participa da construção das jogadas, enquanto Jesus é mais força, recebe bolas em profundidade e tem menos refinamento em tabelas e triangulações.

Firmino e Gabriel Jesus juntos?

Ambos já atuaram em seus clubes com uma função semelhante à que teriam de fazer caso jogassem lado a lado na Seleção. Mas Tite nunca começou uma partida com eles juntos. Faria isso logo no clássico? Se a resposta for sim, o candidato a sair seria Renato Augusto, sacrificando a armação para ter um meio-campo firme no centro e veloz pelos lados.

4-3-3 ou 4-4-2?

O Brasil vem se defendendo num sistema e atacando no outro. Como será diante da Argentina? Tite vai manter a formação híbrida ou voltará às origens? A equipe trabalhou imaginando que os “hermanos” joguem no 4-3-3.

 “Eu não me sinto muito confortável (ao não revelar a escalação), mas não sou metódico o tempo todo. Não quero dar também tudo ao adversário. Mas nossas mexidas maiores são para dar jogo, e não para marcar a outra equipe” – afirmou o técnico brasileiro.

E a Argentina?

Na chegada a Jedá, Lionel Scaloni afastou a possibilidade aventada nos treinos, de Dybala ficar no banco. Confirmou o atacante da Juventus na equipe e manteve apenas uma dúvida, no ataque. O principal craque do país, Lionel Messi, está fora, o que rendeu “alívio” de Neymar e lamentação de Tite.

BRASIL x ARGENTINA

Local: estádio King Abdullah, em Jedá
Data e horário: terça-feira, às 15h (de Brasília)
BRASIL: Alisson, Danilo, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Casemiro; Arthur (Fred), Renato Augusto, Coutinho e Neymar; Firmino (Gabriel Jesus). Técnico: Tite
Reservas: Ederson, Fabinho, Militão, Pablo, Alex Sandro, Walace, Fred (Arthur), Malcom, Lucas Moura, Richarlison e Gabriel Jesus (Firmino)
ARGENTINA: Romero, Saravia, Otamendi, Pezzella e Tagliafico; Paredes, Battaglia e Lo Celso; Dybala, Angel Correa (Lautaro Martínez) e Icardi. Técnico: Lionel Scaloni
Arbitragem: Felix Brych, auxiliado por Mark Borsch e Stefan Lupp. No VAR: Gunter Perl e Robert Hartmann (todos da Alemanha)

(Fonte: Globo Esporte)

Comentários

Mais

Revitalização do Ginásio Renato Veloso avança

Revitalização do Ginásio Renato Veloso avança

A obra de revitalização do Ginásio de Esportes “Renato Veloso”, localizado na Folha 16, na Nova Marabá, iniciou em agosto…
Com gol contra, Remo vence Avaí em confronto de Leões pela Série B

Com gol contra, Remo vence Avaí em confronto de Leões pela Série B

No jogo entre os Leões Azul e da Ilha, melhor para o representante do Pará. Nesta quinta-feira (16), o Remo…
Flamengo e Grêmio duelam em busca de vaga na semifinal

Flamengo e Grêmio duelam em busca de vaga na semifinal

Em meio a uma polêmica sobre a presença de público nas arquibancadas do Maracanã, Flamengo e Grêmio se enfrentam nesta…
Gabriel Medina é tricampeão mundial de surfe nos Estados Unidos

Gabriel Medina é tricampeão mundial de surfe nos Estados Unidos

O brasileiro Gabriel Medina conquistou o Campeonato Mundial de Surfe pela terceira vez. A praia de Trestles, na Califórnia, foi tomada pela torcida…
Campanha por respeito à ciclofaixa ganha adesão

Campanha por respeito à ciclofaixa ganha adesão

Na manhã de sábado (11), em comemoração ao Dia do Ciclista, centenas de ciclistas se reuniram na campanha “Ciclofaixa é…
David Luiz é apresentado oficialmente pelo Flamengo

David Luiz é apresentado oficialmente pelo Flamengo

O zagueiro David Luiz foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira (13) como novo reforço do Flamengo. O jogador de 34 anos…