Correio de Carajás

Queimada prejudica visibilidade em ruas de Parauapebas

Queimada assustou população na noite desta quinta-feira (15) (Imagens: Reprodução)

ESTIAGEM

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Incêndio em zona de mata entre os bairros Maranhão, Novo Horizonte e Chácara do Sol assustou população na noite de quinta-feira

A noite desta quinta-feira (15) foi palco de uma cena assustadora: uma queimada se alastrou por zonas de mata próximas aos bairros Maranhão, Chácara do Sol e Novo Horizonte, gerando intenso volume de fumaça.

A visibilidade na Rua 69 e na Avenida J foi tão prejudicada pelas nuvens geradas no incêndio que o Departamento Municipal de Transportes Terrestres (DMTT) chegou a fechar as vias para evitar que motoristas passassem pelo local de alto risco.

Dezenas de vídeos e fotos tomaram as redes sociais e os grupos de Whatsapp por conta do grande alcance que a fumaça atingiu, sendo vista a quilômetros de distância, mesmo à noite. O fogo se iniciou na tarde da quinta-feira e perdurou durante a maior parte da noite.

Leia mais:

Em vídeo divulgado pelo 23º Grupamento de Bombeiros Militares de Parauapebas, o sub-comandante Capitão Sandro Tavares pontuou que a região entrou em período de estiagem no mês de junho, o que intensifica as queimadas por parte da população, com intuito de “limpar” lotes.

Capitão Sandro, do 23ª GBM, informou que não houve vítimas

“Tivemos um incêndio provocado por ação humana na parte montanhosa atrás de um supermercado na Avenida Faruk Salmen, e deslocamos as três equipes que estão à disposição para extinguir incêndios ao local para conter o fogo”, diz Sandro, aliviado com o fato de ninguém ter sido vitimado durante o incêndio.

Ainda assim, o militar chamou a atenção para a prática criminosa: “As vítimas nesse tipo de incidente somos nós mesmos, que acabamos por inalar a fumaça tóxica que faz mal a nossa saúde”, reclamou Sandro, lembrando da Lei Municipal nº 4.925/ 2020, que prevê sanções como multas a quem for pego praticando queimadas na zona urbana ou rural do município. (Juliano Corrêa)

Comentários

Mais

Covid-19: Anvisa diz que não há estudo conclusivo sobre 3ª dose

Covid-19: Anvisa diz que não há estudo conclusivo sobre 3ª dose

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou em comunicado hoje (23) que ainda não há evidências suficientes para uma…
ONS prevê cenário energético "sensível" até novembro

ONS prevê cenário energético "sensível" até novembro

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) revisou as previsões para o atendimento de energia ao Brasil até novembro e…
DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

A cearense Pamella Holanda, vítima de agressões de DJ Ivis, revelou que o cantor enviou uma suposta carta, por meio do advogado, com um pedido de perdão.…
Rede estadual retoma aulas no início de agosto

Rede estadual retoma aulas no início de agosto

A redução do número de novos casos e de óbitos por Covid-19, bem como a adesão à vacinação contra o…
Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Uma cena comum em Parauapebas e que choca muita gente é a de uma mulher andando sem roupas pelas ruas…
Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Com grande parte do corpo atrofiado, conseguindo movimentar apenas uma das mãos e a cabeça, o jovem Handriw Rafael Vasconcelos…