Correio de Carajás

Projeto que cria linhas de ônibus turísticas em Parauapebas será votado nesta terça (22)

Foto: PMP
Foto: PMP
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Consta na pauta da Sessão Ordinária desta terça-feira (22) da Câmara Municipal de Parauapebas o Projeto de Lei Nº 54 de 2021, de autoria do Poder Executivo, que cria cinco rotas turísticas envolvendo locais públicos e privados, segundo inventário da Secretaria Municipal de Turismo.

A primeira linha é a Rota Carajás (abrangendo Floresta de Carajás, Aeroporto de Carajás, Parque Zoobotânico Vale, Trilha Lagoa da Mata, Mirante da Mina, Savana Metalófila, Cavernas e Base de Apoio Gavião Real.

A segunda engloba a Rota das Águas, abrangendo a Vila do Garimpo das Pedras e Piscina de Águas Termais. Já a terceira é a Rota do Búfalo, que chega ao Sítio Boa Esperança, Espaço de Produção de Mel e Sítio Açaizal.

Leia mais:

Há ainda, a Rota Indígena, abrangendo as aldeias da Terra Indígena Xicrin do Cateté, e a Rota City Tour, que percorre a cidade, passando pela Praça da Bíblia, Centro de Abastecimento de Parauapebas, Pórtico Jubileu de Prata, Prefeitura Municipal de Parauapebas, Centro de Artesanato Mulheres de Barro e o Lago da Nova Carajás.

O projeto ainda prevê a criação do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), onde os veículos destinados a levar os interessados por cada rota iniciarão o passeio. Cada veículo terá lotação máxima de 46 pessoas e mínima de 50% da lotação (23 pessoas).

A rota também poderá passar por hotéis e pousadas que manifestarem interesse junto à SEMUT. Ela funcionará de terça a domingo, ainda sem horário definido, podendo também funcionar nas segundas-feiras nos meses de junho, julho e dezembro, considerados “alta temporada” pelo projeto.

A medida é uma forma pensada para estimular o desenvolvimento econômico e social do município por meio do turismo, gerando emprego e renda. “A região atrai muitos turistas, anualmente, que vêm muitas vezes a negócio e a lazer, consumindo diversificados produtos turísticos materializados, principalmente, aqueles que possuem vocação para agregar gastronomia, tradição, cultura, história e belezas naturais”, defende a justificativa do texto. (Luciana Marschall)

Comentários

Mais

Rede estadual retoma aulas no início de agosto

Rede estadual retoma aulas no início de agosto

A redução do número de novos casos e de óbitos por Covid-19, bem como a adesão à vacinação contra o…
Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Uma cena comum em Parauapebas e que choca muita gente é a de uma mulher andando sem roupas pelas ruas…
Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Com grande parte do corpo atrofiado, conseguindo movimentar apenas uma das mãos e a cabeça, o jovem Handriw Rafael Vasconcelos…
Intervalo maior de doses da vacina Pfizer aumenta níveis de anticorpos

Intervalo maior de doses da vacina Pfizer aumenta níveis de anticorpos

Um intervalo maior entre as duas doses da vacina da Pfizer contra a covid-19 proporciona um nível maior de anticorpos…
Estudo: anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Estudo: anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Estudo internacional com participação de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) revela um mecanismo que explica o motivo pelo…
Receita libera consulta a terceiro lote de restituição do IR

Receita libera consulta a terceiro lote de restituição do IR

A partir das 10h de hoje (23), o contribuinte que entregou a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física até meados de maio poderá saber…