Correio de Carajás

Proibido

Você já deve ter ouvido falar: andar com o câmbio em ponto morto – a famosa “banguela” – economiza combustível. Segundo especialistas, deixar o câmbio em ponto morto quando estão descendo ladeiras é um dos mais comuns vícios de direção condutores. Essa afirmação até valia para carros com carburador. Atualmente, com carros movidos à injeção eletrônica isso não é mais verdade. Quando o veículo desce em ponto morto ele continua injetando combustível para manter o motor ligado; quando o carro está engrenado e em declive, aí sim economiza combustível — visto que a central verifica as informações do veículo e percebe a situação, diminuindo o combustível injetado na câmara. Mais que isso: a prática é uma infração de trânsito prevista no Artigo 231, IX, do CTB (Código de Trânsito Brasileiro) – transitar com o veículo desligado ou desengrenado em declive” – como infração média, com perda de quatro pontos no prontuário da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), mais multa de R$ 130,16.

Comentários