Correio de Carajás

Primeiro dia na TV e contou com Helder e Paulo Rocha

Helder falou das ações de educação e juventude para combater a criminalidade/ Foto: Marco Santos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Começou a ser exibida, nesta sexta-feira (31), a propaganda eleitoral em emissoras de rádio e televisão. No Pará, apenas os candidatos ao governo Helder Barbalho, do MDB, e Paulo Rocha, do PT, exibiram suas propostas neste primeiro dia de propaganda, diferente de Márcio Miranda, do DEM, que não apareceu durante o horário reservado ao seu programa.

Durante o tempo de propaganda política reservado ao candidato do DEM, foi exibida apenas uma tarja azul com a frase “Horário reservado à propaganda eleitoral gratuita – Lei 9.504/97”.

Já o candidato Helder Barbalho começou falando que desde criança acompanhou a vida política, junto com o pai, o senador Jader Barbalho, e viu que se identificava. Porém, foi em 1999 que tomou a decisão de entrar para vida política como vereador, seguindo por deputado estadual e prefeito de Ananindeua, durante oito anos, onde se destacou com trabalhos na educação e saúde.

Leia mais:

Após as eleições de 2014, Helder assumiu os Ministérios da Pesca, Portos e Integração Nacional, respectivamente.

Durante a propaganda eleitoral, o candidato falou ainda sobre como está a situação do estado do Pará, incluindo a educação que é a pior do Brasil, citando ainda o caos na segurança e saúde.

Já o candidato Paulo Rocha apresentou um retrocesso da carreira e falou sobre a ligação com o ex-presidente Lula.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de Márcio Miranda, que emitiu uma nota afirmando que o programa do candidato foi concluído ainda na quinta-feira (30) e entregue para geração normalmente, mas que “por algum problema técnico, que ainda deverá ser esclarecido, a veiculação deixou de ser realizada”. O programa deverá ser exibido na segunda edição da propaganda eleitoral de hoje.

Além dos candidatos ao governo, também foram apresentados os candidatos aos cargos de senador e deputado estadual. O período de propaganda eleitoral seguirá por 30 dias. Serão dois blocos diários de 25 minutos na TV e no rádio, além de inserções durante a programação das emissoras. (Da Redação, com DOL)

 

Helder debate segurança pública em plenária

Policiais civis, militares e federais, bombeiros, peritos, delegados, agentes prisionais e representantes da sociedade civil, debateram com o candidato ao governo do estado, Helder Barbalho (MDB), a situação da segurança pública no estado, em plenária estadual.

Na oportunidade, representantes de diversas associações apresentaram ao candidato e ao vice, Lúcio Vale, às reivindicações das classes e os maiores desafios enfrentados diariamente pela falta de segurança no estado.

Na plenária, Helder, apresentou as principais ações estratégicas do seu Plano de Governo na área da segurança.

“No nosso governo vamos criar o programa Território da Paz e adquirir novos equipamentos para as polícias civil e militar. Vamos também investir na Inteligência Policial para combater o tráfico de drogas e crime organizado, ampliar o efetivo das Polícias através de concurso público, além de criar o seguro de vida para Policiais e o Centro Integrado de Comando e Controle”, destacou Helder.

Ainda na sua fala, Helder, também falou das ações de educação e juventude para combater a criminalidade. “É necessário investir na educação para reduzir os índices da violência no estado, com isso, vamos aumentar o número de escolas em tempo integral, construir e reformar escolas em todas as regiões do estado. Também vamos trabalhar para dar aos jovens, oportunidade do primeiro emprego, além de proporcionar espaços de esporte e lazer aos mais vulneráveis e trazê-los de volta para suas famílias e bem longe das drogas”, ponderou Helder. (Da Redação, com assessoria)

 

Campanha de Paulo Tocha foi oeste do Pará

Os candidatos da coligação “Pra Viver em Paz” (PT/PCdoB), Paulo Rocha, governador, Zé Geraldo, senador, Airton Faleiro, deputado federal, e Carlos Martins e João Batista, deputados estaduais, estão em campanha nos municípios do oeste do Pará.

A caravana iniciou na quinta-feira, 30, pelas cidades de Jacareacanga, Novo Progresso e Itaituba, onde aconteceu carreata e comício. Vejas as fotos.

Nesta sexta-feira, 31, os candidatos levam suas propostas aos eleitores de Prainha, Almeirim e Porto de Moz. Já no sábado, 1 de setembro, a caravana segue para Gurupá e Santarém.

No domingo, 2, os candidatos participam, em Belém, da atividade “Pintando o 13”, na Praça da República, com roda de conversa entre os candidatos e os artesãos da Praça.

Candidatos do PT estão em caravana pelo oeste do Estado

(Da Redação, com assessoria)

 

Márcio Miranda fala a pecuaristas e empresários

Márcio Miranda, do DEM, candidato a governador pela Coligação “Em Defesa do Pará” esteve ontem (31/8) em Marabá, onde se reuniu à tarde, em um auditório, com empresários ligados à Acim, Sindicom, Conjove e com pecuaristas do Sindicato Rural de Marabá, que repetiram com ele a entrega de um documento, como já haviam feito com Helder Barbalho. O documento conjunto lista uma série de pontos relacionados à economia, funcionamento do estado e segurança pública, que esses setores esperam ver contemplados em um eventual governo do candidato.

Márcio falou no sentido do que o público queria ouvir, disse entender os problemas da região e que tem contempladas no seu plano de governo muitas das situações que inquietam a região, embora não as tenha explicitado. Se pautou bastante no que ouviu pelos oradores que o antecederam. Também tocou pouco no nome do governador Simão Jatene, seu apoiador político.

De lá, Miranda foi para um palanque no ginásio da Escola Claretiano, na Folha 31 da Nova Marabá, onde falou a correligionários, alguns prefeitos e vereadores, e muitos apoiadores de candidatos da coligação afirmando ter certeza de que vai subir nas intenções de voto. (Da Redação)

Mais

Queiroga diz que enfrentamento à pandemia requer união de forças

Queiroga diz que enfrentamento à pandemia requer união de forças

Em depoimento nesta quinta-feira (6) à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia no Senado, o ministro da Saúde, Marcelo…
Teich diz que deixou cargo por falta de autonomia e por não aceitar cloroquina

Teich diz que deixou cargo por falta de autonomia e por não aceitar cloroquina

O ex-ministro da Saúde Nelson Teich disse nesta quarta-feira (5) em depoimento à CPI da Pandemia que deixou o governo…
Bolsonaro defende liberdade e cogita decreto de livre circulação

Bolsonaro defende liberdade e cogita decreto de livre circulação

Em discurso hoje (5) em cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre as manifestações ocorridas no 1º de…
Orçamento atende metade das necessidades da Defesa, diz ministro

Orçamento atende metade das necessidades da Defesa, diz ministro

Os recursos financeiros destinados à Defesa após o bloqueio de dotações orçamentárias para este ano são suficientes para custear apenas metade das…
Helder se reúne com embaixador Russo em estratégia pela Sputnik V

Helder se reúne com embaixador Russo em estratégia pela Sputnik V

A fim de ampliar as ações estratégicas para combater e prevenir o avanço da Covid-19 no Pará, o governador Helder…
Depoimento de Eduardo Pazuello é remarcado para o próximo dia 19

Depoimento de Eduardo Pazuello é remarcado para o próximo dia 19

A CPI da Pandemia decidiu nesta terça-feira (4) remarcar para o próximo dia 19 o depoimento do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello. A…