Complexo Penitenciário de Santa Izabel. — Foto: Oswaldo Forte/O Liberal
Ads

Detentos do Complexo Penitenciário de Santa Izabel, na região metropolitana de Belém, disseram que foram agredidos fisicamente durante a liberação para o indulto do dia dos pais. De acordo com os presos, eles foram atingidos por balas de borracha e bombas de gás disparadas pela Força-Tarefa penitenciária, que cuida do complexo. Ao todo, cerca de 400 presos devem ser liberados do presídio ainda nesta terça-feira (13).

Ads

Por conta das denúncias, familiares de presos que aguardam a liberação estão reunidos na porta da carceragem. Eles aguardam explicações da direção da casa penal sobre as denúncias. Segundo os parentes dos detentos, pouco mais de 20 pessoas foram liberadas.

De acordo com a Susipe, a intervenção da Força-Tarefa se deu porque alguns presos teriam se recusado a usar a tornozeleira eletrônica. Os agentes foram acionados e controlaram a situação e utilizaram armas não letais. Ainda de acordo com a nota, os 149 presos que fizeram o tumulto ainda devem ser liberados. Os detentos estão saindo gradativamente pela disponibilidade da tornozeleira.

(Fonte:G1)

Ads