Correio de Carajás

Prefeitura de Parauapebas lança “Barômetro da Sustentabilidade”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Aconteceu hoje (5), pela manhã, o lançamento do “Barômetro da Sustentabilidade” pela Prefeitura de Parauapebas, através da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão (Seplan). O “Barômetro da Sustentabilidade” é uma metodologia de pesquisa, planejamento e monitoramento de 27 indicadores socioeconômicos que possibilitarão conhecer a realidade social e ambiental do município e seu nível de sustentabilidade.

É um projeto criado pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), cujo objetivo é fornecer informações que sirvam de base para o planejamento de políticas públicas econômicas, sociais e ambientais em 143 municípios paraenses.

O lançamento do Barômetro foi no auditório da Prefeitura pelo diretor de Estudos de Pesquisas Ambientais da Fapespa, o geólogo Iloé de Azevedo, que em seguida proferiu uma rápida palestra e também explicou e tirou dúvidas das pessoas presentes sobre a metodologia da pesquisa. Nos indicadores apresentados, Parauapebas ocupa o nível intermediário em desenvolvimento econômico.

Leia mais:

Mas em desenvolvimento humano ainda apresenta indicadores preocupantes em alguns setores, como taxa ainda elevada de mortalidade infantil, gravidez da infância, trabalho infantil, roubos e homicídios. Parauapebas ainda apresenta índices insustentáveis de acesso à internet, evasão escolar, população em domicílios com banheiro e água encanada, foco de calor, mortalidade materna e leitos hospitalares.

Segundo o secretário de Planejamento, João Corrêa, o Barômetro é uma ferramenta que permite analisar de forma mais precisa a realidade social, humana, econômica e ambiental do município. Isso possibilitar traçar os projetos, ações e elaborar as políticas públicas necessárias para amenizar os problemas detectados na pesquisa. (Tina Santos)

Aconteceu hoje (5), pela manhã, o lançamento do “Barômetro da Sustentabilidade” pela Prefeitura de Parauapebas, através da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão (Seplan). O “Barômetro da Sustentabilidade” é uma metodologia de pesquisa, planejamento e monitoramento de 27 indicadores socioeconômicos que possibilitarão conhecer a realidade social e ambiental do município e seu nível de sustentabilidade.

É um projeto criado pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), cujo objetivo é fornecer informações que sirvam de base para o planejamento de políticas públicas econômicas, sociais e ambientais em 143 municípios paraenses.

O lançamento do Barômetro foi no auditório da Prefeitura pelo diretor de Estudos de Pesquisas Ambientais da Fapespa, o geólogo Iloé de Azevedo, que em seguida proferiu uma rápida palestra e também explicou e tirou dúvidas das pessoas presentes sobre a metodologia da pesquisa. Nos indicadores apresentados, Parauapebas ocupa o nível intermediário em desenvolvimento econômico.

Mas em desenvolvimento humano ainda apresenta indicadores preocupantes em alguns setores, como taxa ainda elevada de mortalidade infantil, gravidez da infância, trabalho infantil, roubos e homicídios. Parauapebas ainda apresenta índices insustentáveis de acesso à internet, evasão escolar, população em domicílios com banheiro e água encanada, foco de calor, mortalidade materna e leitos hospitalares.

Segundo o secretário de Planejamento, João Corrêa, o Barômetro é uma ferramenta que permite analisar de forma mais precisa a realidade social, humana, econômica e ambiental do município. Isso possibilitar traçar os projetos, ações e elaborar as políticas públicas necessárias para amenizar os problemas detectados na pesquisa. (Tina Santos)

Comentários

Mais

MPs recomendam proteção de indígenas contra covid-19 no sudeste do PA

MPs recomendam proteção de indígenas contra covid-19 no sudeste do PA

Em recomendações conjuntas, o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) requisitaram uma série…
A arte pra “rir, chorar e refletir” de Mandie Gil

A arte pra “rir, chorar e refletir” de Mandie Gil

Artes, maquiagens, receitas, discussões político-sociais, tutoriais, dicas, gatos…. tem um pouco de muito no perfil de Amanda Gil Cardoso de…
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

O salário mínimo em 2022 será de R$ 1.147 e não terá aumento acima da inflação, anunciou o Ministério da…
Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (15) aumentos de R$ 0,10 (3,7%) no preço do diesel e de R$ 0,05 (1,9%) no…
Linha Verde lança campanha “Abril Laranja”

Linha Verde lança campanha “Abril Laranja”

O programa Linha Verde aderiu à campanha “Abril Laranja”, que possui como objetivo conscientizar a população e prevenir o crime…
Sespa reforça necessidade de tomar a segunda dose da vacina contra Covid-19

Sespa reforça necessidade de tomar a segunda dose da vacina contra Covid-19

Para que a proteção à Covid-19 proporcionada pelas vacinas funcione como o previsto é necessário tomar as duas doses, tanto…