Correio de Carajás

Polícia usará drones no combate ao crime

Equipamento foi entregue pela Mineradora Vale por meio de convênio / Foto: Evangelista Rocha
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Agentes da Polícia Civil e Militar participaram de treinamento, nos últimos dois dias, para operação de drones, adquiridos por meio de convênio entre a Mineradora Vale e a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Segup). No total, serão oito drones, sendo quatro para a PM e quatro para a Civil.

Nessa divisão, os equipamentos serão encaminhados para áreas onde a mineradora possua atividade, sendo dois para a PC e dois para a PM em Marabá; dois para Parauapebas, ficando um para a PC e outro para a PM; dois para Canaã dos Carajás, dividindo também um para a PC e outro para a PM. Cada drone custa R$ 37 mil, totalizando um investimento total de R$ 296 mil na segurança pública.

Os agentes da PC e PM foram capacitados pela equipe da Vale

De acordo com o 2º Comando de Policiamento Regional II (CPR II), policiais da 11ª Companhia Independente da Polícia Militar (11ª CIPM), do 34º Batalhão de Polícia Militar (34º BPM), do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), da 1ª Companhia Independente de Missões Especiais (CIME), além de investigadores da Polícia Civil, participaram dos treinamentos.

Leia mais:

No primeiro dia de capacitação, realizado na terça-feira (19), participaram os agentes da PM e da PC dos municípios de Parauapebas, Eldorado do Carajás, Canaã dos Carajás e Curionópolis. O Comando avalia que os equipamentos ajudarão nas diligências das equipes de segurança pública.

Os drones que começam a ser usados pelas polícias de Marabá e região têm autonomia para 30 minutos de voo e conseguem se distanciar 3 km da base de onde são operados. Eles também possuem sensores capazes de realizar retorno para a base e pouso, de forma autônoma, quando a bateria estiver fraca.

A utilização

O superintendente regional da Polícia Civil em Marabá, delegado Thiago Carneiro, explica que os drones serão utilizados em coletas de imagens de comércio ilícito de entorpecentes, flagrar situações de irregularidades no trânsito, fazer monitoramentos em pontos estratégicos onde há maior incidência de crimes, além de trabalhos investigativos como receptação, roubo, atitudes suspeitas e cumprimento de mandados de prisão.

Por outro lado, o delegado explicou que os drones não são o primeiro investimento feito dentro do convênio. Segundo ele, anteriormente a mineradora já tinha cedido oito viaturas descaracterizadas para o trabalho de investigação da Polícia Civil.

O gerente de segurança empresarial da Mineradora Vale, Gustavo Penner, explica que o convênio começou a ser discutido em 2017, porém, só foi firmado em 2019, sendo agora a entrega dos drones. “Além desses equipamentos, também são ofertados, ao longo do prazo do convênio, outras formas de suporte às autoridades policiais, como viaturas, munições etc.”, completa Gustavo. (Zeus Bandeira)

Comentários

Mais

Dona de casa é atropelada em bicicleta e morre em Tailândia

Dona de casa é atropelada em bicicleta e morre em Tailândia

A Polícia Civil de Tailândia investiga um acidente de trânsito que resultou na morte da dona de casa Maria Ramos.…
Um morto e um ferido no Vale do Sol

Um morto e um ferido no Vale do Sol

Dois homens foram vitimados, e um deles não resistiu aos tiros e morreu. Os acusados são dois homens que estavam…
Acidente deixa motociclista morto e carona ferido

Acidente deixa motociclista morto e carona ferido

Um acidente envolvendo um caminhão e uma moto vitimou Jefferson Azevedo, de 32 anos, na madrugada desta quarta-feira (22) na…
Chacina de Parauapebas: preso chegará ao município nesta quarta

Chacina de Parauapebas: preso chegará ao município nesta quarta

Deve chegar ao município de Parauapebas nesta quarta-feira (22) Marcone de Jesus da Silva, suspeito de envolvimento na chacina que…
PRF apreende 32,9m³ de madeira transportada ilegalmente

PRF apreende 32,9m³ de madeira transportada ilegalmente

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu um caminhão no Km 906 da BR-230 que transportava oito toras com cerca de 32,9…
Marido denuncia a companheira por arma escondida em colchão

Marido denuncia a companheira por arma escondida em colchão

Uma arma de uso exclusivo da Polícia Militar do Pará foi encontrada escondida num colchão. O caso ocorreu nesta terça-feira,…