Correio de Carajás

Polícia sabe quem matou professor na zona rural

Policiais do Destacamento da Vila Cruzeiro do Sul desvendaram o homicídio do professor/ Foto: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Graças a uma investigação feita pela equipe do sargento Da Silva, comandante do Posto Policial Destacado (PPD) da Vila Cruzeiro do Sul, já está devidamente identificado o elemento que matou o professor Francisco de Assis Pereira, no PA Maravilha, zona rural de Marabá. Trata-se de Paulo Mendes de Oliveira, que está foragido. Ele seria o valentão daquela região e matou o professor com uma paulada na cabeça após uma bebedeira.

Diante da descoberta, a guarnição comunicou a situação ao delegado Ivan Pinto da Silva, do Departamento de Homicídios da Polícia Civil em Marabá, que está investigando o caso. O delegado e sua equipe foram até o PA Maravilha, que fica na área de abrangência do PPD de Cruzeiro do Sul e confirmou a acusação. Aliás, a Polícia Civil levantou mais coisas sobre o acusado.

Chegando naquela localidade, segundo o delegado, o Departamento de Homicídios enfrentou grande dificuldade inicial em conseguir informações sobre o suspeito, inclusive de testemunhas do crime. Tudo isso por causa da fama do acusado, que seria um homem extremamente violento.

Leia mais:
O professor Francisco de Assis foi morto a pauladas/ Foto: Divulgação

A equipe do delegado Ivan Silva descobriu que Paulo Mendes teria cometido outro assassinato, há cerca de sete anos naquela localidade, tendo como vítima o colono José Domingos. Desde essa época, ele fugiu daquela região e voltou há alguns meses, depois que a poeira baixou. No pouco tempo que está de volta à vila, Paulo já matou o professor De Assis e estaria ameaçando outra pessoa de morte.

Ainda de acordo com o delegado, as informações colhidas no local são de que o acusado tem fama de ser um homem mal e essa maldade se acentua quando ele está bêbado. Ele teria um instinto assassino que acabou vitimando o professor De Assis, depois de uma discussão durante uma bebedeira.

O assassinato do professor Francisco de Assis Pereira, lotado no Projeto Mundiar, na escola do PA Maravilha, zona rural de Marabá, próximo à Vila Cruzeiro do Sul, a popular “Quatro Bocas”, no município de Itupiranga, aconteceu na madrugada do dia 11.

Saiba mais

Uma informação interessante a que o delegado Ivan teve acesso sobre o acusado chega a ser até folclórica. Comenta-se na vila que a loucura que toma conta de Paulo Mendes é tão grande, quando está bêbado, que ele já chegou a dar um tiro em si próprio.

(Chagas Filho)

Mais

Celular roubado é encontrado nas nádegas do ladrão

Celular roubado é encontrado nas nádegas do ladrão

O tiro saiu pela culatra – e o celular também. Em ocorrência registrada na manhã desta segunda-feira (17) foram presos…
Mulher vai à rua denunciar agressão de marido

Mulher vai à rua denunciar agressão de marido

A Polícia Militar conduziu à 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas Maike Aguiar Dias e a esposa, que…
Guerra entre traficantes provoca morte no centro de Canaã

Guerra entre traficantes provoca morte no centro de Canaã

Jhonatan dos Santos Soares foi preso, em flagrante, neste final de semana, acusado de crime de homicídio registrado por volta…
Execução de adolescente está cercada de mistério no Residencial Tocantins

Execução de adolescente está cercada de mistério no Residencial Tocantins

Um mistério cerca um homicídio ocorrido às 20 horas desta sexta-feira (14) no Núcleo São Félix, especificamente no Residencial Tocantins,…
Piloto morre em colisão de moto com caminhonete entre Parauapebas e Curionópolis

Piloto morre em colisão de moto com caminhonete entre Parauapebas e Curionópolis

A colisão entre uma motocicleta e uma caminhonete tirou a vida de Aldecir Simão Borges, de 44 anos de idade,…
Policial reage a tentativa de assalto e é baleado com três tiros

Policial reage a tentativa de assalto e é baleado com três tiros

Um policial militar foi baleado após reagir a uma tentativa de assalto nesta sexta-feira (14), em Redenção, no sul do…