Correio de Carajás

Polícia Federal prende suspeito de integrar organização criminosa de tráfico de peixes em extinção

PF cumpre mandado de busca e apreensão e mandado de prisão em Altamira, com a finalidade de desarticular uma das maiores organizações criminosas especialistas em tráfico de peixes em extinção. — Foto: Polícia Federal
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Federal realizou na manhã desta terça-feira (30) em Altamira, sudoeste do Pará, uma operação para desarticular uma das maiores organizações criminosas especialistas em tráfico de peixes em extinção, com representação internacional. Foi cumprido um mandado de prisão e um de busca e apreensão.

O suspeito preso é apontado pela PF como o responsável por realizar a ponte entre os pescadores locais, recrutamento de nativos para o transporte ilegal dos peixes e acautelamento das espécies em extinção.

Os mandados foram expedidos pela 4ª Vara Federal de Belém. Investigações após as apreensões de peixes ornamentais nos aeroportos de Manaus (AM) e de Altamira (PA) deram conta de que as espécies tinham como ponto de partida o município paraense. O destino final dos peixes era a Colômbia, China, Europa, dentre outros internacionais.

Leia mais:

O hypancistrus zebra, mais conhecido como cascudo zebra, é encontrado no rio Xingu, no Pará. A organização criminosa adquiria localmente os peixes por valores irrelevantes e os vendiam no cenário internacional por até mais de 2 mil dólares.

Os investigados podem responder por crime ambiental, organizações criminosas e lavagem de capitais, podendo as penas ultrapassar 20 anos de reclusão, além da multa.

Peixes raros em extinção eram vendidos por mais de 2 mil dólares em outros países.  — Foto: Polícia Federal
Peixes raros em extinção eram vendidos por mais de 2 mil dólares em outros países. — Foto: Polícia Federal

Organização criminosa

Segundo a PF, o grupo tinha a participação de pelo menos 10 integrantes, divididos em vendedores internacionais e nacionais, intermediadores, pescadores locais, transportadores e receptadores internacionais.

A equipe de investigações da PF descobriu que o mandante dessa organização é um dos maiores responsáveis pela comercialização internacional de peixes raros. De acordo com a PF, ele é o autor intelectual do comércio dos peixes, bem como captação e articulação de intermediários no Pará e em outras unidades da federação.

O alvo do mandado de prisão foi um segundo sujeito envolvido no esquema ilegal, responsável por realizar a ponte entre os pescadores locais, recrutamento de nativos para o transporte ilegal dos peixes e acautelamento das espécies em extinção. (Fonte:G1)

Comentários

Mais

Adolescente morre esmagado por “Carreta Furação” em Marabá

Adolescente morre esmagado por “Carreta Furação” em Marabá

Um adolescente de apenas 14 anos de idade morreu esmagado pela Carreta Furação ou “Trem da Alegria”, na noite desta…
Automóvel roubado em Goiânia em 2015 é recuperado em Redenção

Automóvel roubado em Goiânia em 2015 é recuperado em Redenção

Um automóvel com registro de roubo em Goiânia-GO desde 2015 foi recuperado pela Polícia Militar durante ronda ostensiva em Redenção,…
Criança de 5 anos é assassinada com tiro na cabeça em Santana

Criança de 5 anos é assassinada com tiro na cabeça em Santana

Uma criança identificada como Ana Júlia Pantoja, de 5 anos, morreu no fim da tarde desta quarta-feira (15) após levar…
Operação na Vila do Rato prende traficantes do PCC

Operação na Vila do Rato prende traficantes do PCC

Na última terça-feira (15), a 1ª Companhia Independente de Missões Especiais (CIME), realizou uma operação na Vila Canaã (popular Vila…
Rapaz é morto a tiros no quintal de casa

Rapaz é morto a tiros no quintal de casa

No final da manhã de terça-feira (14) dois homens em uma motocicleta modelo Pop chegaram na frente da residência de…
Polícia vê mistério em corpo achado em tanque de combustível

Polícia vê mistério em corpo achado em tanque de combustível

Um assassinato bárbaro foi descoberto em Marabá nesta quarta-feira (15). O corpo de Genilson dos Santos Souza, que estava desaparecido…