Correio de Carajás

Polícia Civil prende “Primeira Dama” do PCC em Parauapebas

“Primeira Dama” é conduzida para ser apresentada na 20ª Seccional em Parauapebas. Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Policiais civis da 20ª Seccional Urbana de Parauapebas deram cumprimento hoje, quinta-feira, 16, ao mandado de prisão preventiva contra Bruna Izaura de Medeiros Araújo, expedido pela 2ª Vara Criminal de Parauapebas. Ela, que é conhecida como “Primeira Dama”, é acusada de participação do assassinato de Ítalo Rodrigues da Silva, ocorrido em 29 de agosto de 2019.

No dia do crime, Ítalo estava na porta da casa dele, localizada na Rua Jorge Amado, Bairro Caetanópolis, quando foi executado com três tiros de arma de fogo. Segundo o apurado pela polícia, a execução foi motivada pela rivalidade entre facções.

Os tiros acertaram o rosto, o ombro e a barriga da vítima, que seria membro do Comando Vermelho, rival do Primeiro Comando da Capital (PCC), de quem a “Primeira Dama” seria integrante. As investigações, comandadas pela delegada Yanna Kaline de Azevedo, da Divisão de Homicídios da 20ª Seccional Urbana de Parauapebas, revelaram que a motocicleta que levava os criminosos era pilotada por Paulo Henrique da Silva Reis, preso pela Polícia Civil no último dia 13. Elas apontaram, ainda, que Bruna Araújo participou do planejamento para a execução do assassinato.

Leia mais:

Bruna ficou conhecida no mundo do crime como “Primeira Dama” devido a sua relação amorosa com um dos cabeças do PCC em Parauapebas, Willas Ramon Soares Sousa, o “Boneco da Nike”, que também está preso. (Tina Santos, com informações de Caetano Silva)

Comentários

Mais

Servente é acusado de abusar de criança durante o trabalho

Servente é acusado de abusar de criança durante o trabalho

Uma ocorrência em residência do Bairro Beira Rio, em Parauapebas, nesta quinta-feira (14) resultou na prisão de Risomar Raimundo Oliveira,…
Idoso foi baleado ao tentar entregar o celular

Idoso foi baleado ao tentar entregar o celular

O idoso Albertino Pereira Gomes, 62 anos, foi baleado ao tentar entregar o celular durante um assalto. Segundo testemunhas, ele…
Quinze disparos tiram vida no Liberdade

Quinze disparos tiram vida no Liberdade

Durante a noite desta quarta-feira (13), cerca de dez a quinze disparos foram ouvidos no Bairro Liberdade, em Parauapebas. O…
Preso por assassinato de agente da PF muda versão

Preso por assassinato de agente da PF muda versão

Preso na noite de domingo (10), acusado de envolvimento no assassinato do agente da Polícia Federal, Ramon Santos Costa, o…
Dois presos não retornam de “saída temporária” em Marabá

Dois presos não retornam de “saída temporária” em Marabá

Entre os 2.559 presidiários do Pará, que tiveram o direito à saída temporária dos Dia dos Pais, pelo menos dois…
Polícia investiga crime no Bairro da Infraero, em Marabá

Polícia investiga crime no Bairro da Infraero, em Marabá

Acerto de contas ou vingança. Essas são duas das hipóteses sobre os motivos que levaram dois homens a assassinar o…