Correio de Carajás

PM prende traficante com sete Identidades

Francisco foi preso com Vanilto (de amarelo), acusado de utilizar documentos falsos/Fotos: Evangelista Rocha

VILA DO RATO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Acusado foi preso em flagrante e quando foram verificados os dados dele, descobriu-se a fraude. O setor de Papiloscopia da Polícia Civil foi acionado.

Há um ditado popular que diz que “sete é conta de mentiroso”. Coincidência ou não, um homem preso pela Polícia Militar, acusado de tráfico de drogas, tem nada menos de sete Carteiras de Identidade. Trata-se de Vanilto Alvez Pereira. Pelo menos é o nome como ele vem sendo tratado, até porque os documentos divergem apenas em alguns dados. Ele foi preso na tarde de ontem (3) junto com Francisco Soares de Queiroz, na Velha Marabá.

De acordo com o tenente Aureliano, que liderava a guarnição responsável pela prisão da dupla, o setor de Papiloscopia, da Polícia Civil, foi acionado para tentar descobrir a real identificação do criminoso ou até mesmo se ele responde a algum crime mais grave, pois é comum criminosos procurados trocarem de identidade.

Sobre a prisão, o tenente explicou que quando a viatura entrou no bairro Nova Canaã (popular Vila do Rato), fazendo as rondas rotineiras, percebeu um grupo de pessoas aglomeradas em atitude suspeita. De imediato, dois indivíduos correram, passando por baixo de palafitas e se embrenhando em um lamaçal. Mas não teve jeito para eles, porque os policiais também meteram o pé no pântano e pegaram a dupla na unha.

Leia mais:

Em poder dos acusados foram apreendidas 27 petecas de cocaína, 51 de crack, três petecas de maconha, além de uma quantidade um pouco maior, também de maconha.

Quantidade grande de crack, cocaína e maconha foi apreendida com a dupla

O tenente observa que é sempre muito difícil perseguir e prender criminosos na Vila do Rato. “Esses criminosos se valem da geografia do terreno, que tem uma dificuldade para o serviço policial”, explica Aureliano, acrescentando que a PM adentra na área usando bastante técnica, tanto no trânsito quanto na utilização de armas de fogo para não colocar os moradores da localidade em risco.

Para que o leitor entenda, a “Vila do Rato” é uma extensão da Avenida Getúlio Vargas, que começa na Rua Benjamin Constant e segue até a margem do Rio Itacaiúnas. Trata-se de uma rua apenas, bastante estreita, com muitas palafitas e uma área alagadiça.

(Chagas Filho e Evangelista Rocha)

Mais

Homem é esfaqueado em via pública no Vale do Itacaiunas

Homem é esfaqueado em via pública no Vale do Itacaiunas

O pedreiro Gerson da Silva Santos, 29 anos, foi morto com seis perfurações de arma branca, sendo cinco na região…
Após ligação, homem é executado na porta da casa dos sogros

Após ligação, homem é executado na porta da casa dos sogros

Warley Ribeiro Lima, de 24 anos, foi executado a tiros na porta da casa dos sogros na madrugada deste sábado…
Homem é preso com 10kg de droga em mala

Homem é preso com 10kg de droga em mala

No final da tarde desta sexta-feira, 7, um homem foi preso nas proximidades da BR 222, no Núcleo Nova Marabá,…
Indígena é assassinado e tem corpo carbonizado

Indígena é assassinado e tem corpo carbonizado

Um líder indígena, identificado como Belmoti Kaiapó, foi assassinato a tiros e teve o corpo carbonizado, no dia 6, na…
Moto roubada duas vezes é recuperada em Parauapebas

Moto roubada duas vezes é recuperada em Parauapebas

Ladrão que rouba ladrão… não escapa da prisão: Uma moto roubada duas vezes foi recuperada nesta sexta-feira (7) na Vila…
Tentativa de furto aos Correios da Folha 33 termina com menor baleado

Tentativa de furto aos Correios da Folha 33 termina com menor baleado

Na semana em que a Polícia Federal desmantelou uma quadrilha que arrombava agências dos Correios do sul, sudeste do Pará…