Correio de Carajás

PF faz operação contra servidores e empresários que teriam desviado R$ 23 milhões da UFRA

Foto: Jornalista Vagner Leal do Rosário
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Federal realiza nesta quarta-feira (27) a operação Saldo Zero, para desarticular uma associação criminosa que estaria atuando na Fundação de Apoio à Pesquisa, Extensão e Ensino em Ciências Agrárias (FUNPEA) e desviando recursos públicos federais da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). Estão sendo cumpridos 18 mandados, sendo 11 buscas e apreensões e 7 prisões temporárias.

Participam da operação 50 policiais federais, além dos servidores da Controladoria Geral da União (CGU) e do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), envolvidos na apuração das fraudes. Segundo a Polícia Federal, o prejuízo estimado é da ordem de R$ 23 milhões.

As investigações iniciaram há aproximadamente um ano, quando os órgãos envolvidos iniciaram a apuração de irregularidades na prestação de contas da FUNPEA. Segundo a PF, há indícios de crimes e de envolvimento de servidores da UFRA cedidos à FUNPEA, além de representantes de empresas que participavam de processos licitatórios.

Leia mais:

Os desvios de recursos federais eram feitos de cinco formas: por fraude em licitações no direcionamento para empresas ligadas aos pregoeiros da fundação; por pagamentos aos servidores da UFRA, dirigentes da FUNPEA e outros, sem a devida comprovação documental da finalidade da despesa; por pagamentos sem a identificação do favorecido e sem o devido suporte documental da despesa ou documentação duvidosa; por apresentação de informações inidôneas sobre os saldos das contas correntes vinculadas aos contratos firmados com a UFRA e também por pagamentos favorecendo empresas vinculadas a um ex-empregado da fundação.

Os suspeitos devem responder pelo crime de associação criminosa, com pena de um a três anos de reclusão, e peculato, que é a apropriação de bem móvel ou dinheiro público, com pena de dois a doze anos de reclusão mais multa.

Comentários

Mais

Menor foi morto por colega de cela com lâmina de barbear

Menor foi morto por colega de cela com lâmina de barbear

Está identificado como Eduardo Ferreira Lima, de apenas 14 anos de idade, o adolescente assassinado dentro do Centro de Internação…
Adolescente é assassinado dentro do CIAM

Adolescente é assassinado dentro do CIAM

Neste momento equipes do Instituto Médico Legal (IML) e da Polícia Civil estão nas instalações do Centro de Internação do…
Maria da Penha: agressor é preso na Vila Paulo Fonteles

Maria da Penha: agressor é preso na Vila Paulo Fonteles

A Polícia Militar prendeu Lucivaldo Pereira Chaves, suspeito de violência doméstica na vila Paulo Fonteles, zona rural de Parauapebas. O…
Preso chefe de organização criminosa em Parauapebas

Preso chefe de organização criminosa em Parauapebas

Foi preso na madrugada desta quarta-feira (23) Aldson Lima, de 36 anos. Ele é acusado de roubo, associação criminosa e…
Cadáver é encontrado às margens de rio em chácara de Anapu

Cadáver é encontrado às margens de rio em chácara de Anapu

A Polícia Militar do município de Anapu encontrou um cadáver em avançado estado de putrefação. O achado macabro estava às…
Roubo de carga de cigarro gera troca de tiros e um é assassinado

Roubo de carga de cigarro gera troca de tiros e um é assassinado

Nesta quarta-feira (22), um roubo de carga de cigarros gerou perseguição policial e troca de tiros em estrada da zona…