Correio de Carajás

PF faz combate ao trabalho escravo na região de Marabá

Durante a operação foram constatadas diversas irregularidades trabalhistas/Fotos: Divulgação

CINCO DIAS

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Do dia 24 até hoje, 28 de maio, a Polícia Federal realizou diversas fiscalizações em áreas rurais localizadas no sudeste do Estado. O objetivo da ação era identificar e resgatar pessoas que poderiam estar trabalhando em condições análogas à escravidão.

Durante a operação foram fiscalizadas quatro fazendas na região pertencente à circunscrição da Delegacia da Polícia Federal de Marabá.

Foram constatadas diversas irregularidades trabalhistas, acarretando, inclusive, em um flagrante de uma criança de 12 anos que estava exercendo atividade em uma oficina, manuseando graxa e trabalhando a céu aberto.

Leia mais:
O intuito dos agentes foi assegurar o fornecimento de requisitos mínimos para realização das atividades trabalhistas

Nesse período, a equipe realizou várias oitivas de trabalhadores e responsáveis pelas áreas para averiguar as condições de trabalho oferecidas aos empregados.

O intuito dos agentes foi assegurar o fornecimento de requisitos mínimos para que os funcionários realizem suas atividades de maneira digna.

A ação contou com a participação de doze servidores públicos, entre membros do Ministério Público do Trabalho, auditores fiscais do trabalho e agentes da Polícia Federal.

O trabalho análogo à escravidão é crime, além de exercer um elevado impacto negativo humano e social.

A redução de alguém a essas condições possui pena que pode chegar até 12 anos de reclusão. A PF não divulgou os nomes das propriedades onde foram identificados os ilícitos. (Ana Mangas, com informações de ASCOM/PF)

Comentários

Mais

Cães da Guarda Municipal localizam drogas outra vez

Cães da Guarda Municipal localizam drogas outra vez

A Polícia Militar e a Guarda Municipal apreenderam quase 6 quilos de drogas (mais de 4 kg de maconha e…
Mandante e executor são presos pela Civil

Mandante e executor são presos pela Civil

Dois homens foram presos acusados de envolvimento na morte do traficante Danielson Moreira Carvalho, o Dani, 30 anos, executado com…
Matador de jovem em fila de mercado pega 12 anos

Matador de jovem em fila de mercado pega 12 anos

Esta semana, o Tribunal do Júri, em Marabá, condenou a 12 anos de prisão, Geilson Cezário de Souza a 12…
Mais cinco morrem em confronto com a PM

Mais cinco morrem em confronto com a PM

Cinco acusados de integrar a facção criminosa Comando Vermelho (CV) foram mortos a tiros durante confronto com a polícia na…
Defensores de empresários e advogado falam sobre prisões em Parauapebas

Defensores de empresários e advogado falam sobre prisões em Parauapebas

Os advogados Geovane Oliveira Junior e Abraunienes Faustino de Sousa concederam entrevistas na tarde desta quarta-feira (23) se posicionando sobre…
Empresários e advogado são presos por prostituição de adolescentes em Parauapebas

Empresários e advogado são presos por prostituição de adolescentes em Parauapebas

A Polícia Civil cumpriu mandados de prisão contra os empresários Mauro de Souza Davi, o Marola, que atua na promoção…