Correio de Carajás

Pessoa foragida comenta em postagem da Deam e recebe convite: “passa aqui”

PARAUAPEBAS

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Civil de Parauapebas procura desde 23 de junho Fabricio Luan Oliveira em decorrência da operação Book Rosa, que prendeu dois empresários e um advogado acusados de envolvimento em uma rede de prostituição de menores de 18 anos na região.

Seis dias depois, em 29 de junho, as páginas da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) no Facebook e no Instagram compartilharam fotos da pessoa procurada pedindo à população que auxilie com informações que possam levar ao paradeiro dela.

Pouco depois, na caixa de comentários do Facebook, uma usuária pediu que a página libere o compartilhamento da postagem. Surpreendentemente, Fabrício Luan, usando a própria conta no Facebook, onde se identifica como Luan Albuquerque, comenta “pra que? pra acabar com minha imagem com acusações falsa! (sic) Amiga isso vai ser provado…”.

Leia mais:

O comentário, então, recebe duas respostas, uma de uma usuária aconselhando Luan a mudar de vida e outra da própria conta da Deam, que faz um convite: “oi sumido!!! tudo bem? passa aqui na delegacia para explicar para gente direitinho 🙂 inté”. A sequência do diálogo foi removida posteriormente.

A caixa de comentários ainda rendeu outro debate acalorado após a equipe da Deam utilizar linguagem gênero-neutra na postagem, uma vertente recente por maior igualdade entre homens, mulheres e pessoas não-binárias. Neste caso foi utilizada porque, apesar de usar o nome masculino Luan, a pessoa procurada se identifica de forma feminina no Facebook.

Alguns usuários questionaram o uso do “x” no lugar dos artigos femininos ou masculinos, perguntando se tratava de um erro ou problema técnico.

Outros reclamaram pela “mudança no português por causa de ideologia” e teve quem, pacientemente, respondeu aos comentários explicando o uso da linguagem, enquanto alguns perdiam a calma: “Tem gente que se faz de idiota, o x foi pra deixar explícito que é trans, que pode tá com a aparência masculina ou feminina, a intenção é capturar, não agradar vcs”.

Após as explicações, ainda houve quem decidiu simplificar: “bastava denominar pessoa, serve pra ambos”.

BOOK ROSA

A investigação aponta que Fabrício Luan Oliveira, de 26 anos. Tem envolvimento em crimes de estupro de vulnerável, prostituição de adolescentes, tirar proveito da prostituição alheia e impedimento de adolescente de sair da prostituição. Pelo mesmo caso estão presos os empresários Mauro de Souza Davi, o Marola, e Eduardo Liebert Araújo dos Santos e o advogado Antônio Araújo Oliveira, o Toni.

Aqueles que tiverem informações quanto ao paradeiro de Luan deverão entrar em contato com a Delegacia da Mulher pelo telefone/Whatsapp (94) 99253-8294, e-mail [email protected], página no Facebook Deam Parauapebas ou no Instagram @deamparauapebas. É possível, ainda, ir até a sede da Deam, localizada ao lado da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, no Bairro Jardim Canadá. (Luciana Marschall)

Comentários

Mais

Mulher confirma bolsa fedendo a maconha, mas nega tráfico da droga

Mulher confirma bolsa fedendo a maconha, mas nega tráfico da droga

Maiza Rocha Azevedo, de 23 anos, foi presa na noite desta terça-feira (2), pouco antes da meia-noite, em uma van…
Homem é torturado e morto no Bairro Bom Planalto

Homem é torturado e morto no Bairro Bom Planalto

Mais um caso de assassinato está nas mãos da equipe do delegado Toni Vargas, titular do Departamento de Homicídios da…
Criança de cinco anos sofre abuso por vizinho alcoolizado

Criança de cinco anos sofre abuso por vizinho alcoolizado

Elilson Jhon Bezerra da Silva foi preso na manhã de segunda-feira (2), em Parauapebas, acusado de estupro de vulnerável contra…
Homem é linchado após esfaquear mulher

Homem é linchado após esfaquear mulher

Um homem quase foi linchado após esfaquear uma mulher na tarde do último sábado, 31, em Conceição do Araguaia, região…
Anapu registra três homicídios em menos de 24 horas

Anapu registra três homicídios em menos de 24 horas

A Polícia Civil do município de Anapu, no Sudoeste do Pará, investiga três casos de homicídios ocorridos na manhã de…
Assaltante de van morre após troca de tiros com a PM

Assaltante de van morre após troca de tiros com a PM

Após participar do assalto a van e do roubo de uma motocicleta na tarde de sábado (31), um homem, que…