Correio de Carajás

Parauapebas: Testemunhas do caso Jaqueline serão ouvidas nesta quinta

Jaqueline foi assassinada após decidir terminar a relação com o companheiro/ Foto: reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Acontece nesta quinta-feira, 3 de setembro, a partir das 9 horas, a audiência de instrução e julgamento designada pela juíza Adriana Karla Diniz Gomes da Costa, titular da 1ª Vara Criminal de Parauapebas, no processo movido contra Antônio de Souza Nascimento, acusado de assassinar a companheira, Jaqueline Santana da Silva, de 24 anos, em agosto do ano passado.

Após o corpo da jovem ser encontrado, a Justiça decretou a prisão preventiva do homem e no início de setembro ele foi localizado em uma invasão na saída de Parauapebas, sentido Curionópolis. Na ocasião, ao ser ouvido pela Polícia Civil, Antônio confessou o crime, mas depois, orientado por um advogado, não quis assinar a confissão.

Atendendo aos cuidados necessários à prevenção contra o novo coronavírus, as oitivas das testemunhas ocorrerão por videoconferência no sistema disponível no Salão do Júri do Fórum de Parauapebas. O preso poderá acompanhar, pelo mesmo sistema tecnológico, a realização de todos os atos da audiência. Após essa fase, o Poder Judiciário decidirá se pronuncia o réu e se ele irá ou não a júri popular.

Leia mais:
Antônio está preso na Cadeia Pública de Parauapebas

Jaqueline foi estrangulada no dia 12 de agosto com o cinto de segurança do carro de Antônio. O corpo dela foi encontrado mais de 15 dias após a morte, em 29 de agosto, em estado de decomposição, em um matagal na área conhecida como “Água Boa”, entre os municípios de Canaã dos Carajás e Parauapebas. O caso teve grande repercussão na região.

Conforme a denúncia do Ministério Público do Estado do Pará, Antônio costumava agredir a companheira e no dia 12 a assassinou após longa briga entre os dois, ocorrida na casa onde viviam, na Avenida Jamaica, no Vale do Sol, em Parauapebas. O homem ainda ocultou o cadáver.

O desaparecimento da jovem foi informado à Polícia Civil pela mãe, Carmen Santana da Silva, em 13 de agosto de 2019. Dois dias antes, em 11 de agosto, ela havia deixado a vítima casa do companheiro. No dia do crime, às 21 horas, ele procurou a casa da sogra afirmando ter discutido com Jaqueline e declarando que ela havia saído da casa sem destino.

Carmen desconfiou porque não era uma atitude comum da filha. Além disso, no dia anterior, Jaqueline falou para a mãe que vinha brigando muito com o companheiro. Ela também apresentava as unhas quebradas e estava com a bolsa rasgada. A jovem teria dito que deixaria a casa no dia 12 e havia pedido à irmã que ajudasse na mudança.

Uma amiga íntima de Jaqueline informou, em depoimento, que os dois teriam começado a se relacionar em maio e que a vítima relatava episódios de agressões sofridas nas mãos do homem. Um deles, inclusive, foi presenciado pela amiga. Conforme ela, Antônio desferiu um soco no rosto de Jaqueline, desmaiando-a.

Uma vizinha, também ouvida, relatou que as brigas eram constantes e que ouviu discussão na madrugada do dia 12, dentre 2 e 5 horas. A vítima, afirma, pedia socorro, mas a vizinha imaginou que seria mais uma briga rotineira. Ao amanhecer, o carro do acusado não estava mais na casa.

Por fim, um colega de trabalho de Antônio declarou que no dia 14 o homem não foi trabalhar e nem justificou a falta. Disse ter sabido, dentro da empresa, que o colega tinha histórico de violência doméstica. Atualmente, o homem está recolhido na Cadeia Pública de Parauapebas. (Luciana Marschall)

Comentários

Mais

Motoqueiro bêbado provoca acidente na Folha 29

Motoqueiro bêbado provoca acidente na Folha 29

Após atravessar o canteiro central e tentar alcançar a pista, o condutor de uma motocicleta, Elias Alves de Almeida, de…
Motociclista morre ao bater moto em carro estacionado

Motociclista morre ao bater moto em carro estacionado

Uma fatalidade ceifou a vida do trabalhador rural Jorcelino Alves de Araújo, de 51 anos de idade, morador do município…
Adolescente é apreendido por matar desafeto no Bairro da Paz

Adolescente é apreendido por matar desafeto no Bairro da Paz

Entre os crimes registrados em Marabá está semana está o assassinato de Gabriel da Silva Ribeiro, de 24 anos. Ele…
Polícia faz caçada a um dos suspeitos de envolvimento na chacina de Parauapebas

Polícia faz caçada a um dos suspeitos de envolvimento na chacina de Parauapebas

Parauapebas presenciou, na última quarta-feira (15), uma cena de terror: cinco corpos foram encontrados Às proximidades do bairro Vila Nova,…
Moradores encontram corpo próximo à Folha 8

Moradores encontram corpo próximo à Folha 8

Moradores da Folha 8, Núcleo Nova Marabá, encontraram próximo ao Rio Tocantins um corpo, do sexo masculino, já em estado…
Colisão entre duas motos deixa um em estado grave

Colisão entre duas motos deixa um em estado grave

Após atravessar o canteiro central e tentar alcançar a pista, o condutor de uma motocicleta, de prenome Elias, se chocou…