Correio de Carajás

Parauapebas realiza mutirão contra leishmaniose na Palmares I e II

Fotos: Jéssica Diniz
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Prefeitura de Parauapebas realiza desde segunda-feira, 18, ações de combate à Leishmaniose, com mutirão envolvendo diversas secretarias nas Vilas Palmares I e II. As ações no município seguem até setembro deste ano e objetivam eliminar o mosquito-palha, que é transmissor da doença, que atinge cães e humanos.

O município está em sinal de alerta contra a leishmaniose, que aumentou de forma substancial no município. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde do município (Semsa), com base em dados epidemiológicos da Vigilância em Saúde, de janeiro a maio de 2017 foram registrados quatro casos de leishmaniose visceral em humanos.

No mesmo período deste ano, já foram 37 casos. De acordo com a Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ), apenas no primeiro quadrimestre deste ano, 634 animais foram atendidos e, desse total, 436 foram diagnosticados com a doença.

Leia mais:

Por conta disso, a Semsa apresentou um Plano de Contingência de combate ao inseto transmissor da enfermidade. O plano propõe estratégias e a organização de ações para garantir, além da assistência médica, o controle ambiental/vetorial com a eliminação de focos do mosquito-palha.

Ontem, foi concluído o mutirão de limpeza na Vila Palmares ll e começou hoje, 21, na Palmares Sul, onde segue até sábado, 23. Nos bairros onde o mutirão será realizado, os moradores serão informados antes e durante as ações, para que colaborem com as operações, permitindo a entrada dos agentes de saúde e também fazendo a limpeza do quintal, para que esse material seja coletado.

Além dos mutirões, as atividades englobam campanhas educativas, poda de árvores, avaliação médica veterinária, palestras e serviços em saúde pública com o trabalho simultâneo das secretarias de Saúde, de Serviços Urbanos (Semurb), de Obras (Semob), de Segurança Institucional (Semsi), de Meio Ambiente (Semma), de Produção Rural (Sempror), de Educação (Semed), Departamento de Trânsito (DMTT) e Assessoria de Comunicação (Ascom).

A ação conta com apoio da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) e do Centro de Educação Ambiental de Parauapebas (Ceap).  (Tina Santos)

 

Mais

Sefa apreende máquina agrícola e bebidas em Marabá

Sefa apreende máquina agrícola e bebidas em Marabá

A unidade de controle de mercadorias em trânsito de Carajás, da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), em Marabá, sudeste…
Carreata marca luta contra abuso e exploração sexual de menores em Marabá

Carreata marca luta contra abuso e exploração sexual de menores em Marabá

Dia 18 de maio de 1963 um crime bárbaro chocou o Brasil. Araceli Cabrera Sanches, de apenas oito anos de…
Venda de consórcios dispara em Marabá

Venda de consórcios dispara em Marabá

A venda de consórcios registrou um forte crescimento em 2020, e segue em ritmo acelerado nos primeiros meses de 2021,…
Mais de 700 famílias já estão cadastradas para regularização

Mais de 700 famílias já estão cadastradas para regularização

Segue em ritmo intenso e, mesmo assim, com os cuidados de praxe devido à pandemia, o trabalho de cadastramento de…
Grave colisão entre caminhões causa morte e bloqueia pista

Grave colisão entre caminhões causa morte e bloqueia pista

Pelo menos uma pessoa morreu numa colisão entre dois caminhões na tarde desta segunda-feira (17) na BR-155, entre a sede…
Prefeitura libera segunda parcela do Renda Emergencial

Prefeitura libera segunda parcela do Renda Emergencial

  A Prefeitura Municipal de Curionópolis, inicia nesta terça-feira, 18 de maio, o pagamento da segunda parcela do Programa Renda…