Correio de Carajás

PARAUAPEBAS: Queimadas na cidade e no campo alertam autoridades

Tina Santos

 

Com início do período de estiagem na região, os focos de queimadas na área urbana de Parauapebas aumentaram e já preocupam as autoridades locais. Tanto o Corpo de Bombeiros como a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) intensificaram as ações preventivas, para tentar conscientizar a população a não queimar o lixo doméstico ou mesmo usar o fogo para fazer a limpeza de terrenos. Além dos riscos de causar um incêndio sem controle, essas ações ainda contribuem para agravar a poluição do ar, que é prejudicial à saúde.

Leia mais:

Na próxima quarta-feira (28), a Semma lança oficialmente a campanha de prevenção, com o tema “Queimadas: Sua Consciência é a Cura Desse Mal”. O objetivo é informar a população sobre a gravidade resultante das queimadas dentro do perímetro urbano. Também serão realizados trabalhos de fiscalização, no intuito de flagrar a infração cometida e, consequentemente, tomar as medidas cabíveis (penalidades), conforme as normas estabelecidas em lei, a saber: Art. 87 da Lei Municipal 4.283/2004.

Na tarde da última quinta-feira (22), o fogo em um terreno baldio no bairro Cidade Jardim quase atinge as casas vizinhas. Os moradores tiveram que sair dos imóveis por conta da fumaça e calor.

Em vários pontos da cidade há focos de incêndios, principalmente as margens de ruas e avenidas, onde o mato seco é combustível para alimentar as chamas, que se alastram rapidamente. Além da área urbana, a região rural também sofre com as queimadas.

Na manha desta sexta-feira (23), era possível ver vários focos de incêndio ao longo da rodovia PA-275. Em um deles, o fogo consumiu boa parte do pasto de uma fazenda.

A fumaça que invade a estrada também oferece risco de acidente, porque dificulta a visão dos motoristas. O Pará continua sendo um dos estados com maior foco de incêndios no País. 

Tina Santos

 

Com início do período de estiagem na região, os focos de queimadas na área urbana de Parauapebas aumentaram e já preocupam as autoridades locais. Tanto o Corpo de Bombeiros como a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) intensificaram as ações preventivas, para tentar conscientizar a população a não queimar o lixo doméstico ou mesmo usar o fogo para fazer a limpeza de terrenos. Além dos riscos de causar um incêndio sem controle, essas ações ainda contribuem para agravar a poluição do ar, que é prejudicial à saúde.

Na próxima quarta-feira (28), a Semma lança oficialmente a campanha de prevenção, com o tema “Queimadas: Sua Consciência é a Cura Desse Mal”. O objetivo é informar a população sobre a gravidade resultante das queimadas dentro do perímetro urbano. Também serão realizados trabalhos de fiscalização, no intuito de flagrar a infração cometida e, consequentemente, tomar as medidas cabíveis (penalidades), conforme as normas estabelecidas em lei, a saber: Art. 87 da Lei Municipal 4.283/2004.

Na tarde da última quinta-feira (22), o fogo em um terreno baldio no bairro Cidade Jardim quase atinge as casas vizinhas. Os moradores tiveram que sair dos imóveis por conta da fumaça e calor.

Em vários pontos da cidade há focos de incêndios, principalmente as margens de ruas e avenidas, onde o mato seco é combustível para alimentar as chamas, que se alastram rapidamente. Além da área urbana, a região rural também sofre com as queimadas.

Na manha desta sexta-feira (23), era possível ver vários focos de incêndio ao longo da rodovia PA-275. Em um deles, o fogo consumiu boa parte do pasto de uma fazenda.

A fumaça que invade a estrada também oferece risco de acidente, porque dificulta a visão dos motoristas. O Pará continua sendo um dos estados com maior foco de incêndios no País. 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.