Correio de Carajás

Parauapebas: MPPA recomenda que academias e salões de beleza fiquem fechados

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A promotoria de Justiça de Parauapebas recomendou aos proprietários de salões de beleza, barbearias e academias de esportes e de ginástica, para que permaneçam observando as disposições contidas nos decretos estadual e municipal, que não incluem essas atividades entre as essenciais.

O cumprimento deve ser fiscalizado pelas autoridades municipais e divulgado à população. A medida foi recomendada pela promotora de Justiça Aline Cunha. O município registrou 317 casos registrados e 36 óbitos, nesta terça-feira, 12.

A promotoria considera o teor do decreto presidencial nº 10.344, de 10 de maio de 2020, que inclui entre as atividades essenciais: atividades de construção civil, industriais, salões de beleza e barbearias, e academias de esporte de todas as modalidades, todas com obediência as determinações do Ministério da Saúde.

Leia mais:

Contudo, a decisão monocrática do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), na ADPF 67213, assegurou aos governos estaduais, distrital e municipais, no exercício de suas atribuições e no âmbito de seus territórios, competência para a adoção ou manutenção de medidas restritivas durante a pandemia da covid-19.

Considera ainda a suspensão total das atividades não essenciais, com restrição de circulação de pessoas (lockdown) declarado pelo Estado do Pará, para conter o avanço descontrolado do contágio do novo coronavírus, e o teor da Recomendação Conjunta nº 30/2020 MPPA/MPT/MPT, que recomenda ao governador a inclusão dos municípios de Marabá e Parauapebas no Decreto nº 729/2020, em razão do avanço da doença nestes municípios, além do Decreto estadual nº 609, de 16 de março de 2020, e o Decreto nº 326/2020, da prefeitura de Parauapebas com as medidas para enfrentamento ao coronavírus.

Os sindicatos dos Comerciários e Associação Comercial de Parauapebas devem divulgar e orientar seus sindicalizados e/ou associados sobre o cumprimento dos decretos municipais e estaduais, esclarecendo sobre as normas sanitárias a serem observadas.

A Divisão de Vigilância Sanitária deve fazer ampla divulgação dos decretos em vigor, orientando os proprietários das academias e salões de beleza.  A promotoria adverte que o descumprimento pode resultar em responsabilização por crime contra a saúde pública.

As empresas de rádio e difusão devem divulgar a Recomendação, informando o maior número de pessoas possível. Em caso de não acatamento, serão adotadas as medidas legais necessárias, inclusive o ajuizamento da Ação Civil Pública.

Para as instituições de segurança pública foi recomendado que autuem os estabelecimentos que se encontrem em desconformidade aos Decretos Municipais e Estaduais, adotando as medidas legais pertinentes.

De acordo com a Recomendação, “as academias são ambientes que ocasionam aglomerações de pessoas, apresentam dimensões não muito grandes, com temperatura quente, e que proporcionam um contato inevitável entre os frequentadores, instrutores, personais trainers, e demais funcionários, bem como ocorre o uso compartilhado de objetos, em curto espaço de tempo, circunstâncias que contribuem para o contágio”.

Ressalta ainda que o município é um dos maiores da região, possui populações tradicionalmente vulneráveis e atende pacientes de Canaã dos Carajás, Eldorado dos Carajás e Curionópolis, numa microrregião de mais de 300.000 mil pessoas.

O Hospital de Campanha de Parauapebas, ainda em construção, vai dispor de 100 leitos de internação para casos leves e moderados, quantitativo totalmente desproporcional à demanda proveniente de Parauapebas e dos municípios vizinhos. Confira o documento da recomendação. (Zeus Bandeira)

Comentários

Mais

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

José Divino Naves, mais conhecido como Dr. Naves, desembarcou às 16h30 deste sábado (18) em Marabá, após passar 5 meses…
Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Passados 11 anos desde a realização do último censo nacional, o Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural, uma associação sem…
Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na noite desta sexta-feira que aprovou a indicação do medicamento baricitinibe para…
Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

O Pará contabilizou mais 51 casos de Covid-19 e 4 mortes causadas pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“O Forma Pará, antes de qualquer coisa, é um programa que cuida de pessoas. E vocês também serão profissionais que…
Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

A família do adolescente Marcos Henrique dos Santos, de 14 anos, que foi morto na noite desta quinta-feira (16), no…