Foto: Reprodução

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar a execução de dois homens, mortos a tiros por volta das 15h40 do último sábado, 13, em uma área de mata do Bairro Parque das Nações II, na VS 10, em Parauapebas. Edmilson Maciel Oliveira da Silva, de 51 anos, veio a óbito no local e Lucas Rodrigues de Coimbra, de 21 anos, foi socorrido e levado para o Hospital Geral de Parauapebas (HGP), mas morreu no início da noite.

Lucas Rodrigues
[pro_ad_display_adzone id="528"]

De acordo com o sargento M. Silva, da Polícia Militar, que estava à frente da guarnição que atendeu a ocorrência, informações colhidas no local indicam que os dois foram atraídos para uma ‘casinha’ na área de mata, que fica no final da Rua Chile. Segundo o militar, testemunhas contaram que os dois estavam em um bar e foram chamados por uma pessoa.

“Se eles acompanharam essa pessoa é porque a conheciam ou iriam fazer alguma coisa. Por isso, tudo indica que foi armada uma casinha para eles”, deduz o sargento, observando que tudo aponta que foi acerto de contas por tráfico de drogas.

Os dois foram alvejados com tiros na cabeça. O policial frisa que moradores da área disseram que ouviram seis tiros em sequência vindo da mata. “Curiosos correram para o local e chegando já viram um sem vida e outro ainda respirando. O Samu foi acionado e socorreu o rapaz, o levando para o hospital”, detalha o militar, observando que a arma usada no crime foi provavelmente um revólver calibre 38.

“Não encontramos cápsulas no local e as perfurações são típicas de revólver calibre 38”, afirma, ressaltado que pessoas que conheciam os dois informaram que eles eram usuários de drogas.

Segundo o sargento, ainda foram feitas diligências na área para tentar localizar algum suspeito do crime, mas ninguém foi encontrado. Segundo a Polícia Civil, Lucas Rodrigues já tinha passagem pela polícia.  (Tina Santos – com informações de Ronaldo Modesto)

[pro_ad_display_adzone id="530"]