Correio de Carajás

Parauapebas: 86 veículos já bateram em postes em 7 meses

86 veículos já bateram em postes em 7 meses
Prejuízo dos acidentes varia em torno de R$ 5 mil por poste danificado/ Foto: Ascom/Celpa
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Celpa, concessionária de energia do Pará, encaminhou release à Imprensa informando que, de janeiro a julho deste ano, foram registrados 86 acidentes envolvendo veículos automotores e postes de energia na cidade de Parauapebas. O cujo prejuízo dos acidentes varia em torno de R$ 5 mil por poste danificado, levando em consideração a estrutura e os equipamentos neles instalados. Mas não é só isso: as vidas que se perdem nesses acidentes são prejuízos incalculáveis e irreparáveis.

No final do mês de junho, o jovem Jedequias Soares de Sousa, de 21 anos, morreu ao bater a moto que pilotava contra um poste, após perder o controle do veículo ao passar em uma lombada. O acidente aconteceu na Avenida Buriti, esquina com a Rua F, no Bairro Cidade Jardim.

De acordo com informações de testemunhas, Jedequias estava sem capacete e pilotava em alta velocidade. Ao passar em um quebra-molas, perdeu o controle da moto, uma POP 110, e colidiu com o poste. O rapaz morreu na hora.

Leia mais:

Em Parauapebas, os locais que registram o maior número desse tipo de ocorrência são os bairros Cidade Jardim, dos Minérios e o Parque dos Carajás. De acordo com o Artigo 927 do Código Civil, quem, por ato ilícito, causar danos a terceiros, fica obrigado a repará-lo. Dessa forma, o valor total dos reparos e os danos aos clientes devem ser pagos pelo motorista que pode ser acionado judicialmente, inclusive.

MEDIDAS MITIGADORAS

De acordo com o executivo de manutenção da Celpa, Matheus Ribeiro, recentemente foram tomadas algumas medidas para tentar coibir o impacto de veículos com as estruturas. “Nós fizemos um levantamento dos postes que estão mais vulneráveis, localizados principalmente em vias de grande movimento, para instalarmos defensas, que possui como objetivo evitar ou amenizar a colisão direta aos postes que possuem partes energizadas”, explica Matheus.

Ainda segundo as informações prestadas pela Celpa, em casos de abalroamento, o maior prejuízo são os que atingem postes que sustentam linhas de transmissão. “Esses podem deixar cidades inteiras sem fornecimento, além do reparo ter um custo muito maior. Esse levantamento foi feito em alguns municípios das regiões sul e sudeste do Estado, como Parauapebas, Marabá, Redenção e Conceição do Araguaia”, destaca o executivo.

Nos casos de acidentes ou até mesmo de postes inclinados com risco de queda, as orientações são que jamais os cidadãos se aproximem de fios e cabos partidos ou caídos no chão, e não toque em pessoas ou objetos que estejam em contato com a rede elétrica. Em casos dessa natureza, é necessário que a população entre em contato com a concessionária pela Central de Atendimento, pelo número 0800 091 0196, que fica disponível 24 horas por dia. (Com informações da Ascom/Celpa)

ENTRE ASPAS

“Nós fizemos um levantamento dos postes que estão mais vulneráveis, localizados principalmente em vias de grande movimento, para instalarmos defensas, que possui como objetivo evitar ou amenizar a colisão direta aos postes que possuem partes energizadas”. Matheus Ribeiro, executivo da Celpa.

SAIBA MAIS

Os consumidores também são prejudicados com a suspensão do fornecimento de energia devido às batidas nos postes. No ano passado, a Celpa registrou em todo o Pará, 803 casos de postes que tiveram que ser substituídos ou recompostos após colisões. (Da Redação)

Comentários

Mais

Exposição excessiva de crianças em redes sociais pode causar danos

Exposição excessiva de crianças em redes sociais pode causar danos

A menina Alice, de 5 anos, ama tirar fotos e vídeos. Ela tem um perfil na rede social Instagram administrado…
Pará recebe mais 157.950 mil doses de vacina contra a Covid-19 neste sábado (25)

Pará recebe mais 157.950 mil doses de vacina contra a Covid-19 neste sábado (25)

O Pará recebeu, na madrugada deste sábado (25), a 89ª remessa de vacinas contra a Covid-19 com 157.950 doses da…
Carne e leite: Pará adere ao Sistema Brasileiro de Inspeção

Carne e leite: Pará adere ao Sistema Brasileiro de Inspeção

Nesta sexta-feira (24), o governador do estado, Helder Barbalho, entregou o Certificado de Adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de…
Marido denuncia que esposa teve útero e intestino perfurados no HMI

Marido denuncia que esposa teve útero e intestino perfurados no HMI

Nada menos que 18 entidades civis, a maioria de defesa da mulher e combate a violências, assinaram uma nota denunciando…
Pará registra 589.962 casos e 16.635 mortes pela Covid-19

Pará registra 589.962 casos e 16.635 mortes pela Covid-19

O Pará contabilizou mais 334 casos de Covid-19 e 5 mortes causada pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
Caixa lança nova versão do aplicativo Bolsa Família

Caixa lança nova versão do aplicativo Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família têm à disposição a nova versão do aplicativo do programa. A principal mudança consiste no…