Correio de Carajás

Parauapebas: 14 estabelecimentos são notificados por desobediência ao Decreto Estadual

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A operação conjunta da Polícia Militar, Civil e dos Bombeiros Militares em Parauapebas já notificou 14 estabelecimentos e realizou a apresentação de um empresário na delegacia, por descumprimento ao Decreto Estadual n° 800/2020, assinado pelo governador Helder Barbalho.

O documento proíbe a abertura de bares, boates e casas de shows, como medida no combate ao avanço do número de casos da Covid-19 no Pará.

O major Daniel Brito, da Polícia Militar, destacou ao Correio de Carajás que desde a publicação das novas determinações do Decreto, publicado com alterações no Diário Oficial do Estado (DOE) no dia 21, operações estão sendo realizadas, como a da noite de domingo (24) que resultou em quatro estabelecimentos notificados.  

Leia mais:

“Dentro do efetivo diário são deslocadas algumas unidades militares para fazer especificamente a operação”, explicou o major, ao citar que não houve aumento no efetivo destinado às fiscalizações, mas que cada viatura é responsável por uma área de policiamento, incluindo verificar o cumprimento do decreto, somando as operações conjuntas.

O Major Daniel Brito ressaltou que no primeiro momento está sendo realizado um trabalho educativo junto aos estabelecimentos, com orientação sobre a importância das medidas. “Mas se permanecer na desobediência ao decreto tem previsão de multa, a pessoa física é R$150 por dia e a pessoa jurídica vai até R$50 mil diariamente”. É crime o não cumprimento de medidas sanitárias.  

Decreto Municipal

Indo na contramão da determinação estadual, o decreto municipal nº 254/2021, assinado pelo prefeito Darci Lermen, publicado no sábado (23), permite o funcionamento de bares, casas noturnas, cervejarias, botecos, casas de shows e boates com o limite de 50% da capacidade do local.

De segunda a quinta-feira, os estabelecimentos podem funcionar até 1h, já de sexta-feira a domingo, a permissão é até as 2h, conforme descreve texto do decreto.

Mas o município proíbe eventos, shows, manifestações, passeatas e carreatas de qualquer natureza que aglomerem mais de dez pessoas.

Porém, como fiscalizações são realizadas pelos agentes das polícias civil e militar, o cumprimento das medidas a ser executado é o estadual.  (Theíza Cristhine e Ronaldo Modesto)

Comentários

Mais

Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Passados 11 anos desde a realização do último censo nacional, o Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural, uma associação sem…
Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na noite desta sexta-feira que aprovou a indicação do medicamento baricitinibe para…
Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

O Pará contabilizou mais 51 casos de Covid-19 e 4 mortes causadas pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“O Forma Pará, antes de qualquer coisa, é um programa que cuida de pessoas. E vocês também serão profissionais que…
Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

A família do adolescente Marcos Henrique dos Santos, de 14 anos, que foi morto na noite desta quinta-feira (16), no…
Covid-19: Fiocruz libera mais 700 mil doses da vacina AstraZeneca

Covid-19: Fiocruz libera mais 700 mil doses da vacina AstraZeneca

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) liberou, nesta sexta-feira (17), mais 700 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra covid-19, produzida no…