Correio de Carajás

Pará ocupa o primeiro lugar no ranking das exportações minerais do Brasil

Foto: Ascom Simineral

NO TOPO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Um levantamento realizado pelo Sindicato das Indústrias Minerais do Pará (Simineral), aponta que o Pará ocupa o primeiro lugar no ranking das exportações minerais do Brasil. A participação paraense é de 36% do total das exportações minerais, resultado dos 57 milhões de toneladas exportadas, equivalente a US $8,151 bilhões.

Na sequência, aparecem os estados de Minas Gerais com participação de 31%; Espirito Santo com 7%; São Paulo com 5%; e Rio de Janeiro com 4%. Os demais estados da federação, juntos, somam a participação de 17%.

Segundo o Presidente do Simineral, Anderson Baranov, o crescimento da maioria dos minérios na balança comercial do Estado é um bom sinal para a economia paraense.

Leia mais:

“Isso atrai investimentos cada vez maiores para o nosso estado e torna possível que possamos desenvolver a economia, mas especialmente, o lado social, tão impactado pela pandemia. De que forma? Gerando emprego e renda para as comunidades onde atuamos e apoiamos autoridades locais em projetos que auxiliem esse desenvolvimento”, disse.

Os dados são referentes aos primeiros quatro meses de 2021, com base em dados do Ministério da Economia e da Agência Nacional de Mineração (ANM).

Impacto na economia paraense

Do total das exportações feitas pelo estado do Pará no primeiro quadrimestre deste ano, a mineração representou 94%. A Indústria de Mineração teve alta de 78% comparado com o mesmo período do ano passado, rendendo US $7,618 Bilhões.

Os principais produtos exportados são o minérios: Ferro, Cobre, Alumina, Alumínio, Níquel, Ouro, Caulim, Manganês, Bauxita, Silício e Ferro Gusa. Na comparação com o mesmo período do ano passado, dos 11 principais minérios exportados pelo estado do Pará, 7 tiveram alta nos preços, elevando a balança comercial.

O minério de Ferro cresceu 90%; seguido pelo Ferro Níquel com 76%; pelo Ouro com 57%; pelo Cobre com 38%; pelo Manganês com 36%; pelo Alumínio com 22%; e pela Bauxita com 7%.

Compensação Financeira

Parauapebas e Canaã dos Carajás despontam no cenário brasileiro como os maiores municípios arrecadadores da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) do Pará. Juntos, eles representam 43% de recolhimento de CFEM.

O estado do Pará recolheu, de janeiro a abril de 2021, R $1,363 Bilhão, representando 48% de recolhimento de CFEM do Brasil, mostrando um crescimento de 97% em relação ao mesmo período do ano anterior.

No primeiro quadrimestre de 2021, aproximadamente 91% dos royalties do estado foram dos municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás e Marabá. (Ascom Simineral)

Comentários

Mais

Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Passados 11 anos desde a realização do último censo nacional, o Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural, uma associação sem…
Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na noite desta sexta-feira que aprovou a indicação do medicamento baricitinibe para…
Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

O Pará contabilizou mais 51 casos de Covid-19 e 4 mortes causadas pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“O Forma Pará, antes de qualquer coisa, é um programa que cuida de pessoas. E vocês também serão profissionais que…
Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

A família do adolescente Marcos Henrique dos Santos, de 14 anos, que foi morto na noite desta quinta-feira (16), no…
Covid-19: Fiocruz libera mais 700 mil doses da vacina AstraZeneca

Covid-19: Fiocruz libera mais 700 mil doses da vacina AstraZeneca

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) liberou, nesta sexta-feira (17), mais 700 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra covid-19, produzida no…