Obras do estádio são retomadas após 6 anos
Campo estava cheio de mato após seis anos de paralisação das obras. Agora, foram retomadas/ Fotos: PMM
Ads

As obras do Estádio Municipal de Marabá, agora batizado de “Arena Itacaiunas” foram retomadas, depois de quase seis anos sem nenhum serviço no local. Os operários começaram a trabalhar na limpeza de toda área interna e externa. Devido a um longo tempo sem nenhum tipo de manutenção, o mato cobria a estrutura do futuro estádio.

Ads

Localizado na Vila São José, área urbana de Marabá, distante nove quilômetros do centro da cidade, o estádio encontra-se com boa parte da estrutura da arquibancada, vestiários, cabines para imprensa e campo já adiantada.

Os serviços estão voltados para a finalização de uma parte da arquibancada, rampas de acesso, vestiários, iluminação, colocação de gramas, sistema elétrico e hidráulico entre outros. De acordo com o engenheiro Alex Amoury, da Secretaria de Viação e obras Públicas (Sevop), a proposta é deixar o estádio municipal em condições de uso.

Trabalhadores já estão no local e obras deverão demorar 10 meses

“Vai estar tudo pronto para uso e com capacidade para 2.500 pessoas nesta primeira etapa. Iniciamos a obra em julho e acreditamos entregar em 10 meses. Só acho que não vai dar para deixar pronto para o Parazão, mas nossa expectativa é deixar o estádio pronto para uso. Não será uma obra muito complexa porque a parte estrutural, drenagem e fundação já estão todas prontas. É só terminar mesmo e bola pra frente”, explicou o engenheiro Alex Amoury.

As obras de conclusão do novo estádio municipal de Marabá estão orçadas em R$ 7.328.627,31. Os recursos são provenientes de convênio entre a Prefeitura de Marabá e Governo Federal, através do Ministério dos Esportes e Caixa Econômica Federal.

O estádio em questão começou a ser construído em agosto de 2010, na gestão do então prefeito Maurino Magalhães, mas as obras foram paralisadas antes de terminar seu governo por problemas com prestação de contas e repasse de contrapartidas do município. O estádio deveria atingir a capacidade de 20 mil pessoas e estava orçado inicialmente em R$ 35 milhões.

O nome “Arena Itacaiunas” foi dado em projeto de Decreto Legislativo, de autoria do vereador Pedro Correa. (Fonte: Secom PMM, com Redação do Correio)

Ads