Correio de Carajás

Mutirão de vacinação atende público prioritário que ainda não tomou a primeira dose

Nesta quinta e sexta-feira o mutirão de vacinação acontece no Centro de Convenções / Foto: PMM

SEGUNDA CHAMADA

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Com o intuito de realizar uma nova chamada para o grupo prioritário que ainda não se vacinou, o Governo do Estado, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Marabá, realiza nesta quinta e sexta-feira (8 e 9) – um novo mutirão de vacinação.

Serão 2.500 doses de imunizantes destinadas aos professores dos ensinos fundamental, médio, profissionalizante e superior, profissionais da saúde, motoristas e cobradores do transporte coletivo; trabalhadores da limpeza urbana e gestantes e puérperas com comorbidades.

De acordo com João Chamon Neto, secretário Regional de Governo do Sul e Sudeste do Pará, ações como essa são prioridades para o Estado, que tem trabalhado ao longo desse período de pandemia no combate ao coronavírus.

Leia mais:
Secretário João Chamon afirma que serão realizados quantos mutirões forem necessários / Foto: Evangelista Rocha

“Ficamos muito felizes com a notícia de que o Pará atingiu o quinto lugar como o estado que mais vacinou na federação. Isso é fruto do trabalho de parceria entre o Governo e as prefeituras”.

Nos dois mutirões realizados no mês de junho, em Marabá, cerca de 24 mil pessoas foram imunizadas. Entendendo a importância desse tipo de realização, o secretário afirma que serão realizados quantos mutirões forem necessários para vacinar o maior número de pessoas o mais rapidamente.

“Estamos trabalhando para isso. Agora há pouco recebemos uma informação sobre um quantitativo diferenciado de vacinas que está próximo de chegar. E vamos fazer mutirões. Em Marabá, não tivemos reclamações, tudo fluiu de forma tranquila. Foi feita uma logística estratégica para atender todo mundo muito bem”, explica Chamon.

Sobre o hiato de 11 dias sem vacinas em Marabá, o secretário explica que estamos vivendo um momento atípico, onde o mundo inteiro está correndo atrás da vacina. E o Brasil, por ser um país extenso em territorialidade, acaba tendo algumas dificuldades na distribuição.

“Mas assim que o Pará recebe as vacinas, nós já realizamos o transporte, seja aéreo ou terrestre. Por causa dessas pequenas interrupções, realizamos os mutirões, para compensar essas faltas”, justifica.

Chamon relembra que o governador Helder Barbalho tem a intenção e está trabalhando para que até o final de agosto toda a população paraense acima de 18 anos esteja vacinada.

“Gostaríamos de convidar todo esse público que ainda não se vacinou, que aproveite a segunda chamada para ir até o Centro de Convenções para se imunizar. Para nós, é com muita satisfação que anunciamos esse avanço efetivo no combate ao coronavírus”, finaliza.

SEGUNDA DOSE

As pessoas que precisam tomar a segunda dose da vacina devem se dirigir às escolas Anísio Teixeira, no Núcleo Cidade Nova, e Jonathas Pontes Athias, no Núcleo Nova Marabá. (Ana Mangas, com informações de Chagas Filho e Evangelista Rocha)

Comentários

Mais

Residentes do Cidade Jardim clamam por auxílio da gestão de Parauapebas

Residentes do Cidade Jardim clamam por auxílio da gestão de Parauapebas

Dentre os manifestantes que acamparam em frente à Prefeitura de Parauapebas de terça (3) para quarta (4) estavam moradores do…
Justiça determina que manifestantes deixem a Prefeitura de Parauapebas

Justiça determina que manifestantes deixem a Prefeitura de Parauapebas

O prefeito de Parauapebas Darci Lermen não se reuniu com os manifestantes que ocupam o prédio do Executivo e correu…
Moradores de 6 setores acampam na Prefeitura de Parauapebas

Moradores de 6 setores acampam na Prefeitura de Parauapebas

A manifestação iniciada na terça-feira (3) em frente à Prefeitura de Parauapebas não esmoreceu e continua ainda na tarde desta…
Principal emissor de carbono, Pará se compromete a reduzir 86% das emissões de gases do efeito estufa até 2036

Principal emissor de carbono, Pará se compromete a reduzir 86% das emissões de gases do efeito estufa até 2036

O Pará entrou nesta quarta-feira, 4, na lista de estados que aderiram à campanha Race to Zero (Corrida para o…
Primeira escola cívico-militar do sul do Pará é inaugurada em Redenção

Primeira escola cívico-militar do sul do Pará é inaugurada em Redenção

A primeira escola cívico-militar do sul do Pará foi inaugurada em Redenção, nesta terça-feira (3). Denominada Escola Municipal Cívico-Militar Eva…
Despejados do Nova Carajás protestam na Prefeitura de Parauapebas

Despejados do Nova Carajás protestam na Prefeitura de Parauapebas

A terça-feira (3) foi marcada por manifestações em Parauapebas, em que associações de diferentes bairros mandaram representantes para a porta…