Correio de Carajás

MST mantém bloqueio na Rodovia BR-155

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) mantêm pelo segundo dia a interdição a BR-155 em frente à Fazenda Cedro, localizada entre Marabá e Eldorado do Carajás. O bloqueio foi iniciado na manhã de ontem, terça-feira (21), em protesto contra o cumprimento de diversos mandados de reintegrações de posse de áreas ocupadas na região, inclusive da própria Cedro, onde está localizado o acampamento Helenira Rezende.

Está agendada para amanhã, quinta-feira (23), reunião entre o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e outros órgãos para definição do local para onde as famílias que vivem na Cedro serão levadas, uma vez que a reintegração da área deve ocorrer ainda neste ano. Em outro caso, na Fazenda Santa Tereza, onde fica o Acampamento Hugo Chaves, o cumprimento da reintegração está previsto para acontecer até 13 de dezembro.

A interdição da rodovia está provocando engarrafamento na via, que é a principal ligação entre os municípios da região de Carajás com Marabá. Os manifestantes pedem, ainda, celeridade nos processos de desapropriações de áreas, para criação de assentamentos. Com faixas, ressaltam que sem a criação de assentamento, eles vivem à mercê da violência e as crianças sem acesso à escola.

Leia mais:

Conforme o movimento, apenas no acampamento da Cedro há mais de 500 crianças fora da sala de aula. A reintegração estava prevista para acontecer no início deste mês, mas foi adiada pela Vara Agrária da Comarca de Marabá, o que causou revolta nos pecuaristas da região. (Luciana Marschall e Tina Santos)

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) mantêm pelo segundo dia a interdição a BR-155 em frente à Fazenda Cedro, localizada entre Marabá e Eldorado do Carajás. O bloqueio foi iniciado na manhã de ontem, terça-feira (21), em protesto contra o cumprimento de diversos mandados de reintegrações de posse de áreas ocupadas na região, inclusive da própria Cedro, onde está localizado o acampamento Helenira Rezende.

Está agendada para amanhã, quinta-feira (23), reunião entre o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e outros órgãos para definição do local para onde as famílias que vivem na Cedro serão levadas, uma vez que a reintegração da área deve ocorrer ainda neste ano. Em outro caso, na Fazenda Santa Tereza, onde fica o Acampamento Hugo Chaves, o cumprimento da reintegração está previsto para acontecer até 13 de dezembro.

A interdição da rodovia está provocando engarrafamento na via, que é a principal ligação entre os municípios da região de Carajás com Marabá. Os manifestantes pedem, ainda, celeridade nos processos de desapropriações de áreas, para criação de assentamentos. Com faixas, ressaltam que sem a criação de assentamento, eles vivem à mercê da violência e as crianças sem acesso à escola.

Conforme o movimento, apenas no acampamento da Cedro há mais de 500 crianças fora da sala de aula. A reintegração estava prevista para acontecer no início deste mês, mas foi adiada pela Vara Agrária da Comarca de Marabá, o que causou revolta nos pecuaristas da região. (Luciana Marschall e Tina Santos)

Comentários

Mais

Pandemia e isolamento aumentam procura por cultivo de plantas em casa

Pandemia e isolamento aumentam procura por cultivo de plantas em casa

Em isolamento social, as pessoas tendem a sentir falta de sair e do contato com a natureza, por isso, ter…
Mundo chega a 3 milhões de mortes por Covid com piora da pandemia na América do Sul

Mundo chega a 3 milhões de mortes por Covid com piora da pandemia na América do Sul

O mundo chegou neste sábado (17) à triste marca de 3 milhões de mortes causadas pela Covid-19, em meio à…
Pará gera mais de 3 mil postos formais de trabalho no setor de serviços

Pará gera mais de 3 mil postos formais de trabalho no setor de serviços

“Eu atuo no ramo de eventos, sou segurança, e em meio à pandemia o nosso trabalho parou. Atualmente, a banda…
Novo estudo descarta elo entre tipo sanguíneo e a incidência de Covid

Novo estudo descarta elo entre tipo sanguíneo e a incidência de Covid

Uma investigação feita com mais de 100 mil pessoas nos Estados Unidos demonstrou que não há relação entre o tipo sanguíneo…
Pequeno ouvinte da Correio FM é premiado com bolo de aniversário

Pequeno ouvinte da Correio FM é premiado com bolo de aniversário

O garoto Angelo Miguel, pequeno ouvinte da nossa rádio, foi o grande ganhador da Promoção Aniversariante do Mês da Correio…
Coronafobia: transtornos compulsivos e de ansiedade por conta da pandemia

Coronafobia: transtornos compulsivos e de ansiedade por conta da pandemia

Há um ano que todo o Brasil vem enfrentando a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Sentimentos como incerteza e ansiedade…