Correio de Carajás

Mototaxistas causam congestionamento na Transamazônica durante manifestação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Conforme prometido, diversos mototáxistas se reuniram na manhã desta terça-feira, 28, na frente da Havan, Núcleo Cidade Nova, para dar inicio a uma manifestação pela cidade. O principal ponto de reinvindicação é a fiscalização mais rigorosa aos clandestinos que atuam prestando o serviço de transporte em duas rodas.

A manifestação iniciou na Havan, Núcleo Cidade Nova, e tinha como destino a Secretaria Municipal de Segurança Institucional. (Foto: Josseli Carvalho)

Segundo o presidente da Associação dos Mototaxistas Unidos de Marabá (UNIMOTO), Fred Pereira, há diversas reclamações do serviço registradas que não possuem um responsável identificável. “Muitas vezes não conseguimos identificar o alvo da reclamação de um usuário, pois há muitos clandestinos rodando por Marabá. Por esse motivo, nós decidimos fazer a manifestação, para cobrar da Prefeitura uma fiscalização mais rigorosa a esses clandestinos”, explica Fred.

O presidente da UNIMOTO explica que o objetivo é tentar um dialogo com o secretario Jair Guimarães. (Foto: Josseli Carvalho)

Mas, em meio ao seguimento da manifestação, alguns problemas foram causados. Um deles: a lentidão do trânsito. André Moraes, um dos motoristas que trafegava pela Rodovia Transamazônica, reclama do congestionamento. “Acho errado essa obstrução. Há muitas pessoas prejudicadas com isso. Nesse momento, parecem estar olhando apenas para o lado deles”, queixa-se André.

Leia mais:
André Moraes se queixou da lentidão no trânsito causada pela manifestação. (Foto: Josseli Carvalho)

Em meio ao protesto, também foi registrado outro problema: atos de vandalismo. Salvador Pereira, estava trafegando pela rodovia, quando um dos mototaxistas amassou a placa, arrancou a lanterna sinalizadora dianteira e ainda furou o pneu da sua motocicleta. “Não sei por que ele fez isso. Chegou dizendo que sou clandestino”, conta Salvador.

A motocicleta de Salvador Pereira foi alvo de vandalismo por um mototaxista, segundo ele. (Foto: Josseli Carvalho)

O destino da manifestação é a Secretaria Municipal de Segurança Institucional, onde os mototaxistas pretendem se reunir com o secretario Jair Guimarães para que ele ouça suas reinvindicações. Toda a manifestação estava sendo fiscalizada por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O Portal Correio de Carajás tentou um contato por telefone com Jair Guimarães às 11h12, porém, não obteve retorno. A Reportagem seguiu aguardando um contato para saber o seu posicionamento. Às 15h21, o secretario respondeu através do WhatsApp que estava “de retorno a Marabá”. (Zeus Bandeira e Josseli Carvalho)

Comentários

Mais

Pandemia e isolamento aumentam procura por cultivo de plantas em casa

Pandemia e isolamento aumentam procura por cultivo de plantas em casa

Em isolamento social, as pessoas tendem a sentir falta de sair e do contato com a natureza, por isso, ter…
Mundo chega a 3 milhões de mortes por Covid com piora da pandemia na América do Sul

Mundo chega a 3 milhões de mortes por Covid com piora da pandemia na América do Sul

O mundo chegou neste sábado (17) à triste marca de 3 milhões de mortes causadas pela Covid-19, em meio à…
Pará gera mais de 3 mil postos formais de trabalho no setor de serviços

Pará gera mais de 3 mil postos formais de trabalho no setor de serviços

“Eu atuo no ramo de eventos, sou segurança, e em meio à pandemia o nosso trabalho parou. Atualmente, a banda…
Novo estudo descarta elo entre tipo sanguíneo e a incidência de Covid

Novo estudo descarta elo entre tipo sanguíneo e a incidência de Covid

Uma investigação feita com mais de 100 mil pessoas nos Estados Unidos demonstrou que não há relação entre o tipo sanguíneo…
Pequeno ouvinte da Correio FM é premiado com bolo de aniversário

Pequeno ouvinte da Correio FM é premiado com bolo de aniversário

O garoto Angelo Miguel, pequeno ouvinte da nossa rádio, foi o grande ganhador da Promoção Aniversariante do Mês da Correio…
Coronafobia: transtornos compulsivos e de ansiedade por conta da pandemia

Coronafobia: transtornos compulsivos e de ansiedade por conta da pandemia

Há um ano que todo o Brasil vem enfrentando a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Sentimentos como incerteza e ansiedade…