Correio de Carajás

Morre em Goiânia piloto que se feriu em queda de avião no Pará

Cristiano Felipe Rocha Reis morre após ficar mais de 30 dias internado em hospital de Goiânia (Foto: Reprodução/Instagram)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O piloto Cristiano Felipe Rocha Reis, que havia sobrevivido à queda de um avião no Pará, morreu nesta quinta-feira (30), no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia. Várias pessoas lamentaram a morte dele nas redes sociais, entre elas, o cantor Rodolffo, da dupla com Israel, que era amigo dele.

O Hugol informou que o paciente faleceu nesta noite, mas não revelou o horário ou a causa da morte. Até as 22h20 o Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia não havia sido acionado para buscar o corpo.

O acidente que deixou Cristiano gravemente ferido ocorreu no último dia 27 de julho, quando o avião em que ele estava caiu próximo à comunidade de Barra Mansa, em São Felix do Xingu, sudeste do Pará. Cinco pessoas estavam na aeronave, sendo que três morreram: Victor Gabriel Tomaz, de 10 anos, Evandro Geraldo Rocha Reis, de 73 anos, e José Gonçalves de Oliveira, de 72.

Leia mais:

Cristiano e o empresário Robson Alves Cintra, saíram do local com vida e foral levados para o Hugol, onde receberam os cuidados médicos e ficaram internados. O piloto ficou na unidade 33 dias, mas não sobreviveu. Já o empresário está em casa se recuperando dos ferimentos. Na última sexta-feira (24) um amigo dele publicou um vídeo nas redes sociais que mostra ele em casa agradecendo pelas orações.

Investigação

A Polícia Civil do Pará informou que o avião partiu do aeroporto de Ourilândia do Norte, a cerca de 900 quilômetros da capital Belém, por volta das 13h30h de sexta-feira, mas não explicou qual o destino. Em pane durante o voo, o piloto teria realizado um pouso de emergência e a aeronave pegou fogo.

Informações no site da Agência Nacional Brasileira (Anac) apontam que o modelo da aeronave que caiu no Pará era 210L. O avião foi fabricado pela Cessna, em 1976, e não pertencia a nenhum dos ocupantes.

De acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro, a aeronave estava com o certificado de aeronavegabilidade vencido desde agosto do ano passado e, por isto, não tinha autorização para voar.

Avião pega fogo após pouso forçado no sudeste do Pará. (Foto: Reprodução / Polícia Civil)
Avião pega fogo após pouso forçado no sudeste do Pará. (Foto: Reprodução / Polícia Civil)

(Fonte:G1)

Comentários

Mais

Defensores de empresários e advogado falam sobre prisões em Parauapebas

Defensores de empresários e advogado falam sobre prisões em Parauapebas

Os advogados Geovane Oliveira Junior e Abraunienes Faustino de Sousa concederam entrevistas na tarde desta quarta-feira (23) se posicionando sobre…
Empresários e advogado são presos por prostituição de adolescentes em Parauapebas

Empresários e advogado são presos por prostituição de adolescentes em Parauapebas

A Polícia Civil cumpriu mandados de prisão contra os empresários Mauro de Souza Davi, o Marola, que atua na promoção…
Homem é preso por porte ilegal de arma e tráfico de drogas

Homem é preso por porte ilegal de arma e tráfico de drogas

Um homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de entorpecentes em Redenção, sul do Estado.…
PM é recebida a tiros após desarticular ponto de drogas em Marabá

PM é recebida a tiros após desarticular ponto de drogas em Marabá

A Polícia Militar de Marabá foi recebida a tiros por suspeitos de tráfico de drogas no início da noite de…
Moedas do Brasil Império são apreendidas pela PF no Pará

Moedas do Brasil Império são apreendidas pela PF no Pará

A Polícia Federal apreendeu na manhã desta quarta-feira (23) moedas datadas da época do Brasil Império que foram encontradas por…
MP Eleitoral pede ao TSE cassação do senador Zequinha Marinho

MP Eleitoral pede ao TSE cassação do senador Zequinha Marinho

O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) recorreu nesta segunda-feira (21) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília (DF), contra decisão…