Correio de Carajás

Monitor do Ciam mata esposa e depois se suicida na Velha Marabá

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A noite desta quinta-feira, dia 28 de maio, manchou de sangue o quintal da casa Número 811, na Rua Marabá, no Bairro Santa Rosa. Gledson Marcelo Pereira Alves, de 36 anos de idade, deu um tiro na cabeça da esposa, Charlene da Silva Oliveira, de 32 anos, e depois fez um disparo também em sua cabeça, caindo ao lado dela, também morto.

A tragédia aconteceu por volta de 19 horas, deixou parentes, amigos e vizinhos impactados, atraindo uma grande aglomeração de pessoas para a frente da residência do casal.

Segundo informações de vizinhos, Gledson trabalhava ultimamente como monitor no CIAM (Centro de Internação de Adolescente Masculino, e era bastante conhecido na Marabá Pioneira.

Leia mais:
Por causa da tragédia na Marabá Pioneira, muitos curiosos acabaram infringindo a orientação de distanciamento social

O tenente Costa Light, da Polícia Militar, informou à Reportagem do CORREIO, no local do crime, que a tragédia ocorreu mesmo por volta de 19 horas, e quando a viatura da PM chegou ao local, havia um revólver calibre 38 no chão, entre ambos. “Aparentemente havia duas balas deflagradas, mas a perícia fará um trabalho mais aprimorado para definir isso com mais precisão.  

Familiares informaram que Gledson e Charlene viviam junto há muitos anos e tinham dois filhos. Ela trabalhava em uma loja de confecções na Avenida Antônio Maia, na Marabá Pioneira. Todavia, ninguém no local, nem parentes ou familiares, sabiam informar o motivo de um possível desentendimento do casal que tenha levado à tragédia.

Um fato curioso é que ambos estavam vestidos com camiseta vermelha e bermuda jeans. A polícia vai investigar as causas do homicídio seguido por suicídio. (Josseli Carvalho e Ulisses Pompeu)

Comentários

Mais

Servente é acusado de abusar de criança durante o trabalho

Servente é acusado de abusar de criança durante o trabalho

Uma ocorrência em residência do Bairro Beira Rio, em Parauapebas, nesta quinta-feira (14) resultou na prisão de Risomar Raimundo Oliveira,…
Idoso foi baleado ao tentar entregar o celular

Idoso foi baleado ao tentar entregar o celular

O idoso Albertino Pereira Gomes, 62 anos, foi baleado ao tentar entregar o celular durante um assalto. Segundo testemunhas, ele…
Quinze disparos tiram vida no Liberdade

Quinze disparos tiram vida no Liberdade

Durante a noite desta quarta-feira (13), cerca de dez a quinze disparos foram ouvidos no Bairro Liberdade, em Parauapebas. O…
Preso por assassinato de agente da PF muda versão

Preso por assassinato de agente da PF muda versão

Preso na noite de domingo (10), acusado de envolvimento no assassinato do agente da Polícia Federal, Ramon Santos Costa, o…
Dois presos não retornam de “saída temporária” em Marabá

Dois presos não retornam de “saída temporária” em Marabá

Entre os 2.559 presidiários do Pará, que tiveram o direito à saída temporária dos Dia dos Pais, pelo menos dois…
Polícia investiga crime no Bairro da Infraero, em Marabá

Polícia investiga crime no Bairro da Infraero, em Marabá

Acerto de contas ou vingança. Essas são duas das hipóteses sobre os motivos que levaram dois homens a assassinar o…