Correio de Carajás

Modalidade pouco conhecida é incentivada durante JEPs

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Luciana Marschall

Se você ainda não sabe o que é badminton provavelmente em pouco tempo vai descobrir pela boca dos filhos, sobrinhos ou primos mais novos. O esporte – que é uma modalidade olímpica – ainda é pouco conhecido no Brasil, mas está sendo difundido e incentivado nas escolas públicas do Estado do Pará mesmo que oficialmente ainda não faça parte da grade de disciplinas de Educação Física.

Marabá sedia até domingo (25) a 59ª edição dos JEPs – Regional Sul e Sudeste do Pará e concomitantemente à competição, professores da rede pública e curiosos pelo esporte estão passando até hoje, sábado (24), por oficina de formação na modalidade.

Leia mais:

O curso é ministrado pelo Núcleo de Esporte e Lazer (NEL) da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), em parceria com a Prefeitura de Marabá. Os participantes estão se reunindo na quadra de esportes da Escola Plínio Pinheiro, na Marabá Pioneira. A modalidade está entre as competições das Olimpíadas há sete anos e começa a tomar conta agora das escolas paraenses.

O objetivo do jogo é basicamente bastante parecido com o do Tênis, sendo utilizadas raquetes e rede e podendo ser disputado entre duas pessoas ou duas duplas. A bola, no entanto, é substituída por uma peteca. O objetivo é somar 21 pontos e cada um deles é marcado quando um dos jogadores consegue derrubar a peteca no lado do adversário. O ritmo do jogo, no entanto, é bastante diferente.

Neste ano, durante os Jogos Escolares da Juventude, o badminton será uma das 14 modalidades desenvolvidas e disputado nas categorias A – de 12 a 14 anos –  e B – 14 a 17 anos -, ao contrário das edições anteriores, em que havia apenas uma categoria. O Pará deve levar quatro competidores na modalidade dentre os 382 atletas da delegação do estado que irão para a competição.

Luciana Marschall

Se você ainda não sabe o que é badminton provavelmente em pouco tempo vai descobrir pela boca dos filhos, sobrinhos ou primos mais novos. O esporte – que é uma modalidade olímpica – ainda é pouco conhecido no Brasil, mas está sendo difundido e incentivado nas escolas públicas do Estado do Pará mesmo que oficialmente ainda não faça parte da grade de disciplinas de Educação Física.

Marabá sedia até domingo (25) a 59ª edição dos JEPs – Regional Sul e Sudeste do Pará e concomitantemente à competição, professores da rede pública e curiosos pelo esporte estão passando até hoje, sábado (24), por oficina de formação na modalidade.

O curso é ministrado pelo Núcleo de Esporte e Lazer (NEL) da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), em parceria com a Prefeitura de Marabá. Os participantes estão se reunindo na quadra de esportes da Escola Plínio Pinheiro, na Marabá Pioneira. A modalidade está entre as competições das Olimpíadas há sete anos e começa a tomar conta agora das escolas paraenses.

O objetivo do jogo é basicamente bastante parecido com o do Tênis, sendo utilizadas raquetes e rede e podendo ser disputado entre duas pessoas ou duas duplas. A bola, no entanto, é substituída por uma peteca. O objetivo é somar 21 pontos e cada um deles é marcado quando um dos jogadores consegue derrubar a peteca no lado do adversário. O ritmo do jogo, no entanto, é bastante diferente.

Neste ano, durante os Jogos Escolares da Juventude, o badminton será uma das 14 modalidades desenvolvidas e disputado nas categorias A – de 12 a 14 anos –  e B – 14 a 17 anos -, ao contrário das edições anteriores, em que havia apenas uma categoria. O Pará deve levar quatro competidores na modalidade dentre os 382 atletas da delegação do estado que irão para a competição.

Comentários

Mais

Renato Portaluppi não é mais técnico do Grêmio

Renato Portaluppi não é mais técnico do Grêmio

Após reunião da diretoria do Grêmio na manhã desta quinta-feira, a decisão foi de que o técnico Renato Portaluppi não seguirá…
Na ponta dos casos

Na ponta dos casos

Boa parte do elenco do Águia fez trabalho intenso em academia para melhorar a parte física. É sinal de que…
Nos pênaltis, Remo bate CSA em Maceió e segue na Copa do Brasil

Nos pênaltis, Remo bate CSA em Maceió e segue na Copa do Brasil

O Remo se classificou à terceira fase da Copa do Brasil. Nesta terça-feira (13), o Leão Azul derrotou o CSA…
E o Águia? Será se classifica?

E o Águia? Será se classifica?

No dia da cerimônia de apresentação do elenco do Águia, eu questionei o técnico João Galvão sobre qual a estratégia…
Conmebol anuncia doação de 50 mil vacinas da Sinovac para jogadores

Conmebol anuncia doação de 50 mil vacinas da Sinovac para jogadores

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) disse que receberá 50 mil doses de vacinas contra covid-19 doadas pelo laboratório chinês…
Com seis brasileiros, Copa Sul-Americana começa no dia 20 de abril

Com seis brasileiros, Copa Sul-Americana começa no dia 20 de abril

Os seis times brasileiros classificados para a atual edição da Copa Sul-Americana ficaram sabendo nesta segunda-feira (12) as datas das…